BBCParaAfrica.com
Brasil
Espanhol
Francês
Swahili
Somali
Inglês
Outras línguas
 
Última actualização: 14 Março, 2007 - Publicado em 12:12 GMT
 
E-mail um amigo Versão para imprimir
Líder da oposição do Zimbabué hospitalizado
 
Tsvangirai e seus adeptos
Tsvangirai e os seus apoiantes quando se dirigiam para o tribunal
Morgan Tsvangirai está internado num hospital de Harare devido aos ferimentos resultantes do espancamento a que foi sujeito às mãos da polícia.

Um médico do hospital disse que Tsvangirai sofreu lesões graves na cabeça e tem hemorragias internas e que um outro elemento da oposição apresenta ferimentos semelhantes.

O ministério do Interior disse que os detidos se preparavam para agredir os policias, mas um porta-voz do MDC, o Movimento para a Mudança Democrática, afirma que os espancamentos ocorreram sem qualquer provocação.

William Bango do MDC, um dos detidos, contou à BBC que ele e Tsvangirai foram agredidos quando chegaram à esquadra para tentar ver os nossos líderes que lá se encontravam detidos.

Disse Bango que nem sequer foram feitas perguntas, só agressões por polícias uniformizados e com cassetetes, barras de ferro e todo o tipo de coisas.

Uma testemunha disse ter visto num dado momento quinze polícias a agredir Morgan Tsvangirai.

À guarda dos advogados

O advogado do líder do MDC, Innocent Chagonda, confirmou que os detidos tinham sido todos libertados e confiados à guarda dos seus advogados.

Chagonda prometeu resistir a qualquer tentativa para os levar de novo a tribunal pois eles tinham sido libertados por ordem de um tribunal de instância superior.

Segundo Innocent Chagonda as detenções foram ilegais e a violência não se justificava.

Muitos dos elementos do MDC foram detidos quando estavam nas suas ocupações habituais, alguns deles encontravam-se nas suas viaturas.

 
 
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 
 
E-mail um amigo Versão para imprimir
 
 
 
BBC Copyright Logo
 
^^ De volta ao topo
  Arquivo
 
  BBC News >> | BBC Sport >> | BBC Weather >> | BBC World Service >> | BBC Languages >>