« Anterior | Principal | Próximo »

Mantega anuncia mais uma medida para frear entrada de dólares

Joao Fellet | 2011-04-06, 20:13

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, anunciou nesta quarta-feira mais uma medida em busca de frear a entrada de dólares no país.

A partir desta-quinta, feira, empresas e bancos brasileiros que tomarem empréstimos no exterior por prazo de até dois anos pagarão 6% de Imposto sobre Operações Financeiras (IOF).

Até então, a taxa de 6% só valia para empréstimos de até um ano.

Segundo Mantega, o objetivo da medida “é reduzir o ingresso de dólares no país e evitar uma valorização excessiva do real”.

“É para desencorajar a tomada de crédito no exterior para prazos mais curtos", disse o ministro.

A medida ainda visa reduzir a oferta de crédito no Brasil, cujo crescimento tem preocupado o Banco Central por temores de que possa estimular a inflação.

"Esperamos que o crédito aumente menos", afirmou Mantega.

"Está sobrando crédito e barato. Os bancos e as empresas estão tomando lá fora e trazem para cá, que tem taxas de juros mais elevadas."

Em março, o governo já aumentara o IOF de 5,38% para 6% e ampliara sua faixa de cobrança de empréstimos de 90 dias para um ano. Empréstimos com prazo superior eram isentos do imposto.

Mais conteúdo deste blog...

Post deste blog de acordo com o tema

Categorias

Estes são alguns dos temas mais populares cobertos por este blog.

    BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

    Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.