« Anterior | Principal | Próximo »

Brasileiro está mais gordo e bebendo mais, diz estudo

Joao Fellet | 2011-04-18, 15:59

Uma pesquisa do Ministério da Saúde divulgada nesta segunda-feira revela que o consumo excessivo de bebidas alcoólicas e o número de obesos aumentaram no país, mas o número de fumantes diminuiu.

Segundo a Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), que leva em conta as respostas de 54.339 adultos moradores das 27 capitais brasileiras, 48,1% da população adulta está acima do peso, e 15% são obesos.

Em 2006, os índices eram de 42,7% e 11,4%, respectivamente.

O consumo excessivo de álcool no país, por sua vez, passou a ser praticado por  18% da população, ante 16,2% em 2006. O Ministério da Saúde considera consumo abusivo de bebida alcoólica cinco ou mais doses na mesma ocasião em um mês para os homens e, para as mulheres, quatro ou mais doses.

O Vigitel revela ainda que, entre 2006 e 2010, a proporção de brasileiros fumantes caiu de 16,2% para 15,1% entre 2006 e 2010. Em 1989, segundo o IBGE, 34,8% dos brasileiros fumavam.

Para o órgão, a obesidade, o tabagismo e o abuso de álcool são indicadores importantes no monitoramento de fatores de risco para doenças crônicas como hipertensão arterial, diabetes e problemas cardíacos.

Obesidade

Segundo a Vigitel, 52,1% dos homens brasileiros e 44,3% das mulheres estão acima do peso. Em 2006, o Vigitel apontava excesso de peso em 47,2% dos homens e 38,5% das mulheres.

O levantamento revela também que a variação na proporção de brasileiros que abusam do álcool reflete principalmente o aumento no número de mulheres que dizem exagerar na bebida: eram 8,2% em 2006 e passaram para 10,6% em 2010. Entre os homens, o índice passou de 25,5% a 26,8%.

Já o hábito de fumar caiu de 20,2% para 17,9% entre 2006 e 2010 entre os homens e, entre as mulheres, permaneceu em 12,7%.

O Vigitel é realizado anualmente desde 2006, em parceria entre o Ministério da Saúde e o Núcleo de Pesquisa em Nutrição e Saúde da Universidade de São Paulo (Nupens/USP).

ComentáriosDeixe seu comentário

  • 1. às 14:22 em 2011-04-19, Patricia escreveu:

    O que existe hoje no Brasil é a CULTURA DA CERVEJA, onde diversão só existe com a cerveja ou melhor bebida alcoólica. Cada festa pequena ou grande, pobre ou abastada a cerveja é o que mais tem, É sempre ela a responsável pela alegria. Como se fosse a coisa mais normal a cerveja ser responsável pela alegria.

  • 2. às 14:06 em 2011-04-29, Odalberto Domingos Casonatto escreveu:

    Tudo o que foi dito no artigo é verdadeiro. A população brasileira esta obesa e mudando em seus hábitos alimentares. Se formos ver as causas, elas são fáceis de percepção. O aumentou do consumo de álcool e cerveja, mesmo entre a população mais jovem e mulheres. O consumo de refrigerantes com grande quantidade de açúcar e sal aumentou desastrosamente. Aquilo que era consumido somente em festas de aniversários, os refrigerantes, hoje devido ao barateamento são consumidos em todas as refeições e mesmo fora delas. Além do consumo exagerado do açúcar, nas grandes cidades os trabalhadores passam a fazer as refeições nos restaurante “a kilo” próximos ao ambiente de trabalho, onde o consumo de alimentos graxos e refrigerantes é enorme. Eis o desafio para os próximos anos: encontrarmos um equilíbrio salutar em nossa alimentação e decidirmos pela prática dos exercícios físicos.

Mais conteúdo deste blog...

Post deste blog de acordo com o tema

Categorias

Estes são alguns dos temas mais populares cobertos por este blog.

    BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

    Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.