« Anterior | Principal | Próximo »

STF manda desarquivar processo de extradição de Battisti

Paula Adamo Idoeta | 2011-01-05, 10:43

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cezar Peluso, determinou na noite de terça-feira que o pedido de extradição de Cesare Battisti seja desarquivado, para anexar aos autos a petição de soltura imediata do ex-ativista italiano.

A petição que pede a libertação do italiano havia sido protocolada na véspera junto ao STF pelos advogados do ex-ativista, depois de o presidente Luiz Inácio Lula da Silva ter decidido não extraditá-lo à Itália.

O caso provocou protestos na Itália na terça-feira: manifestantes, entre eles parlamentares e familiares de vítimas de crimes atribuídos a Battisti nos anos 1970, se reuniram nas principais cidades do país para criticar a permanência dele no Brasil.

Na manhã de terça, o advogado de defesa do governo da Itália, Nabor Bulhões, protocolou pedido pela manutenção da prisão de Battisti. A alegação é de que ele deve continuar detido até que os ministros do STF analisem se a decisão de Lula é ou não compatível com a determinação de 2009 do Supremo – que na época autorizou a extradição do italiano. O pedido do governo italiano também será anexado aos autos, segundo o STF.

Como os ministros estão em férias, os pedidos deverão ser encaminhados para análise de Peluso – que tem ainda a opção de aguardar até o fim do recesso no Judiciário, em fevereiro, para discutir o assunto com seus colegas.

Battisti foi condenado à prisão perpétua pela Justiça italiana, acusado de participação em quatro assassinatos entre 1977 e 1979, quando integrava um grupo de esquerda. Ele nega as acusações.

Em seu último dia no governo, Lula decidiu não extraditar o ex-ativista, com o argumento de que ele poderia sofrer algum tipo de perseguição na Itália.

ComentáriosDeixe seu comentário

  • 1. às 15:48 em 2011-01-05, João Olegário escreveu:

    É uma vergonha para uma nação Democrática acolher um homicida como essa ,por um Presidente que com essa atitude mostra que não é Democrático

  • 2. às 0:41 em 2011-01-06, nona escreveu:

    Acredito que o Brasil ja tem muitos foras da lei brasileiros, e desta forma nao precisa receber os fora da lei de outras nacionalidades.

  • 3. às 3:20 em 2011-01-06, Flamel escreveu:

    Mais uma vez o Lula demonstrou sua faceta de irresponsável. Poderia sair do governo sem causar mais transtornos. Mais uma decepção.

  • 4. às 14:26 em 2011-01-06, Antonio escreveu:

    O comentário do amigo João Olegário reflete o falso moralismo, infelizmente, ainda vigente em uma parcela significativa da população brasileira, agravado em grande medida pela mídia sensacionalista manipuladora. Cesare Battisti lutava por ideais, contra uma ditadura. O senso comum pede cadeia para Battisti enquanto louva os verdadeiros demônios da ditadura dando os nomes deles à lugares públicos, etc. Battisti lutava por um ideal nobre, que nem passa pela cabeça da ignorante massa manipulada pela "Rede Bobo" e cia ltda... CESARE BATTISTI LIVRE!!!
    VIVA BATTISTI! VIVA A MILITÂNCIA!

  • 5. às 14:47 em 2011-01-06, Alaor Verissimo escreveu:

    O caso Battisti foi conduzido fora das melhores práticas judiciais e sombriamente levado para juizos, fora dos trâmites convencionais. Deve passar por um tribunal internacional que, além de rever o mérito deve também analisar detalhadamente a condução processual do caso. Não passa por um arrazoado justo, tenha certeza.

  • 6. às 16:07 em 2011-01-06, Marcos escreveu:

    Quanta incoerência. Muitos dos que clamam pela extradição do Battisti aqui no Brasil, são os mesmos que protestam quando a população brasileira tenta ter acesso aos arquivos da ditadura e punir os assassinos do governo militar. Ao contrário de Battisti, que foi condenado por uma suspeitíssima delação premiada, os militares que mataram opositores na ditadura morreram (e outros ainda vivem) aposentados, em liberdade e com salários de marajás. Isso sim é uma vergonha!

  • 7. às 18:22 em 2011-01-06, Hélcio Afonseca escreveu:



    O Brasil já tem tantos problemas para solucionar, por que não deixa esse caso para a Itália resolver?



  • 8. às 13:18 em 2011-01-07, maria A.Carvalho escreveu:

    Claro que não ia permitir a extradição... afinal, são compañeros da Dama!

  • 9. às 22:40 em 2011-01-07, flores53 escreveu:

    Para a justiça italiana Batisti è un discrepante social de màximo perigo,neste caso teria que ser vigiado 24 horas sobre 24,contudo em 2004 consegui fugir para un paìs de fronteira. Infelizmente o ministro da defesa Ignazio la Russa continua pedindo o boicote dos produtos braslierios da parte da Italia, incluindo o trabalho desenvolvido pelas intituiçoes italianas no Brasil em missoes humanitarias citando em particular “Os bombardeiros, sem bomba”.

  • 10. às 22:49 em 2011-01-07, flores53 escreveu:

    Condivido plenamente con voce Antonio
    O boicotador pode ser boicotado
    Seria coerente resolver esta intriga em modo racional, mesmo porque neste caso melhor seria avaliar bem a situaçao, porque a maioria dos manager da exportaçao brasileira sao italianos residentes no Brasil, e sao anos que o Brasil importa tantissimos produtos italianos, para uma economia que esta em crise como a italiana seria um tremendo golpe para os exportadores que se encontram em territorio italiano e outras pessoas se encontrariam desempregadas.

Mais conteúdo deste blog...

Post deste blog de acordo com o tema

Categorias

Estes são alguns dos temas mais populares cobertos por este blog.

    BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

    Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.