« Anterior | Principal | Próximo »

Angra calcula prejuízos e retoma busca por corpos

Caio Quero | 2010-01-04, 14:28

angraabrvale266.jpgQuatro dias depois dos deslizamentos de terra que atingiram a cidade de Angra dos Reis, no litoral do Rio de Janeiro, bombeiros, homens da Defesa Civil e voluntários retomaram nesta segunda-feira as buscas por corpos nas áreas afetadas.

De acordo com a prefeitura da cidade, mais quatro corpos foram encontrados no Morro da Carioca nesta segunda-feira, fazendo com que o total de vítimas fatais dos deslizamentos subisse para 50.

A prefeitura não informou o total de pessoas que ainda estão desaparecidas.

No total, 21 corpos foram encontrados no Morro da Carioca e 29 na Praia de Bananal, em Ilha Grande. As buscas estão sendo feitas com o auxílio de cães farejadores.

Até o momento, a prefeitura da cidade calcula que os prejuízos decorrentes dos deslizamentos de terra devem ser da ordem de R$ 250 milhões.O valor estimado não inclui o que a cidade deve deixar de arrecadar com turismo e serviços.

De acordo com dados divulgados pela Defesa Civil de Angra dos Reis, até a manhã desta segunda-feira, 221 casas foram interditadas por riscos de deslizamentos.

O prefeito da cidade, Tuca Jordão, anunciou que a demolição de cerca de cem casas em risco no Morro da Carioca terá início já nesta segunda-feira.

No total, 125 pessoas permanecem desabrigadas (pessoas que perderam suas casas) e outras 113 desalojadas (que tiveram que deixar suas casas).

Mais conteúdo deste blog...

Post deste blog de acordo com o tema

Categorias

Estes são alguns dos temas mais populares cobertos por este blog.

    BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

    Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.