BBCParaAfrica.com
Brasil
Espanhol
Francês
Swahili
Somali
Inglês
Outras línguas
 
Última actualização: 18 Junho, 2009 - Publicado às 19:53 GMT
 
E-mail um amigo   Versão para imprimir
Missão militar da CEDEAO em Bissau
 

 
 
Baciro Dabó, candidato presidencial assassinado
CEDEAO mostra-se desapontada com assassinato de Dabó e Proença
Uma missão militar da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental, CEDEAO, chegou esta quinta-feira à capital da Guiné-Bissau.

Segundo o correspondente da BBC na capital guineense, a missão não prestou quaisquer declarações à imprensa à sua chegada.

Contudo, presume-se que tenha ido transmitir às autoridades da Guiné-Bissau um ultimato no sentido de pararem com a violência que tem caracterizado o país nos últimos tempos.

A CEDEAO tem agendada para a próxima segunda-feira uma cimeira de chefes de Estado e de Governo dos 15 países membros para analisar as possibilidades de envio de uma força de paz para a Guiné-Bissau.

A missão integrada pelo Chefe de Estado Maior General das Forças Armadas do Benim, Cabo Verde, Gâmbia, Nigéria e Senegal vem manter contactos com as autoridades de Bissau.

Sabe-se que a CEDEAO ficou desapontada com os incidentes de 4 e 5 de junho que resultaram nos assassinatos do candidato às presidenciais de 28 de junho, Baciro Dabó e do ex-Ministro da Defesa, Helder Proença.

Numa recente entrevista à agência Lusa, o chefe da diplomacia nigeriana, Bagudu Hirse, realçou a necessidade de tomar uma posição forte sobre a situação que se vive na Guiné-Bissau.

Interrogado no aeroporto se concordaria com o envio de uma força de paz à Guiné, o Chefe de Estado Maior General das Forças Armadas do país, Zamora Induta, evitou revelar a sua posição nesta matéria.

"Há estruturas do estado próprias que tomam essa decisão."

 
 
LINKS LOCAIS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 
 
E-mail um amigo   Versão para imprimir
 
 
 
BBC Copyright Logo
 
^^ De volta ao topo
  Arquivo
 
  BBC News >> | BBC Sport >> | BBC Weather >> | BBC World Service >> | BBC Languages >>