Após dia sangrento, governo da Ucrânia retoma aeroporto de Donetsk

27 maio 2014 Atualizado pela última vez 14:34 (Brasília) 17:34 GMT

Após um dia sangrento, o governo da Ucrânia afirmou nesta terça-feira que suas forças recuperaram o aeroporto internacional da cidade de Donetsk, invadido na véspera por separatistas pró-Rússia.

Estima-se que ao menos 30 insurgentes foram mortos pelas tropas ucranianas.

Cidade do leste ucraniano é foco de insurgência

Donetsk, no leste, se tornou um dos principais focos de insurgência a Kiev, por concentrar uma grande população de etnia russa.

A insurgência desafia o recém-eleito presidente da Ucrânia, Petro Poroshenko, que chamou os rebeldes de "terroristas sem interesse em dialogar com o governo, assim como piratas somalis".

Ele prometeu continuar a combater a insurgência.

A Rússia, por sua vez, pediu o fim imediato dos confrontos.

E a OSCE (Organização para Segurança e Cooperação na Europa) afirmou que quatro membros de sua equipe de monitoramento - que estavam em missão em Donetsk - estão desaparecidos. Não há notícias deles desde que foram barrados em um posto de checagem na cidade, na tarde de segunda-feira.