BBC navigation

Familiares varam madrugada por notícias de mais de 400 soterrados na Turquia

Atualizado em  14 de maio, 2014 - 04:36 (Brasília) 07:36 GMT

Player

Explosão em mina de carvão causado por uma falha elétrica deixou pelo menos 201 mortos; sobreviventes podem estar presos a 2 km de profundidade.

Assistirmp4

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Formatos alternativos

Uma explosão em uma mina no leste da Turquia deixou ao menos 201 operários mortos e 80 feridos.

Mineiro chora ao ser resgatado em Soma, Turquia. Foto: BBC

Sobreviventes choram ao descobrir que colegas e amigos não conseguiram escapar

O total de fatalidades ainda não é definitivo e pode ser revisto nas próximas horas. Centenas de pessoas ainda estão soterradas, e as equipes de resgate trabalham para retirá-las de lá.

Segundo o ministro de Energia turco, Taner Yildiz, 787 pessoas trabalhavam dentro da mina no momento da explosão.

Até o momento, 427 ainda estão desaparecidos e podem estar presos sob os escombros.

Falha elétrica

A explosão ocorreu durante a troca de turno em uma mina privada na cidade de Soma, na província de Manisa, a cerca de 450 quilômetros da capital Ancara.

Segundo o governo, uma falha elétrica causou o acidente, gerando ainda uma queda de energia que impediu que os elevadores fossem usados pelos operários.

A empresa que administra a mina disse estar investigando o acidente, mas afirmou que a explosão ocorreu apesar de terem sido tomadas "a melhores medidas e controles de segurança".

Os sobreviventes estariam presos a cerca de quatro quilômetros da entrada da mina, a cerca de dois quilômetros de profundidade.

Oxigênio está sendo bombeado para o interior garantir que os operários não morram sufocados.

Uma grande multidão formada por familiares dos operários aguarda por notícias do lado de fora da mina.

A mãe de um dos mineiros que está no local acompanhando os trabalhos disse que passou a tarde inteira esperando notícias do filho.

"Ainda não fiquei sabendo de nada sobre ele", disse Sena Isbiler à agência de notícias AFP.

O premiê turco, Recep Tayyip Erdogan, adiou uma viagem à Albânia para acompanhar os resgates.

Histórico

A Turquia não tem um bom histórico de segurança no trabalho de mineração.

Segundo analistas, a Turquia registra mais acidentes do que a maioria dos países industrializados.

Há quatro anos, 30 pessoas morreram em uma explosão em uma mina na cidade de Zonguldak.

O pior desastre ocorreu em 1992, quando 270 operários morreram.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.