A reprodução deste formato de vídeo não é compatível com seu dispositivo

Pistorius pede desculpas por morte da namorada e diz 'ter medo de dormir'

7 abril 2014 Atualizado pela última vez 16:59 (Brasília) 19:59 GMT

O atleta sul-africano Oscar Pistorius, de 27 anos, fez uma declaração emocionada ao pedir desculpas à família de sua namorada, Reeva Steenkamp, no primeiro dia de seu julgamento.

A modelo foi morta a tiros pelo corredor paraolímpico em fevereiro do ano passado. Segundo o promotor à frente do caso, a morte teria ocorrido depois de uma intensa discussão entre os dois. O atleta diz ter confundido a namorada com alguém que estaria invadindo sua casa.

Ao longo dos últimos 15 dias de julgamento, a promotoria conduziu o interrogatório das testemunhas e especialistas do caso. Agora é vez dos advogados do réu apresentarem sua versão dos fatos e evidências que a apoiem. O primeiro dia desta nova fase começou com o depoimento de Pistorius.

Com a voz trêmula, ele disse que estava "tentando proteger" Reeva e que não consegue imaginar a dor e o sofrimento da família da modelo.

O áudio do depoimento foi gravado, mas sem que Pistorius ficasse visível perante as câmeras.

Em um julgamento que atraiu atenção internacional, a estrela do atletismo sul-africano disse que tem "pesadelos horríveis" e que frequentemente acorda à noite e pode sentir cheiro de sangue.