A reprodução deste formato de vídeo não é compatível com seu dispositivo

Irlandesa que buscava mãe biológica descobre que ela era vizinha

26 março 2014 Atualizado pela última vez 07:46 (Brasília) 10:46 GMT

Aoife cresceu ouvindo de seus pais adotivos que era uma menina de sorte por ter duas mães

Quando a irlandesa Aoife Curran completou 18 anos de idade, ela pediu à seu pai adotivo, Micheal, que a ajudasse a procurar por sua mãe biológica.

Depois de anos de busca, eles descobriram que Mary morava a poucos minutos de carro da casa onde Aoife cresceu, em Dublin.

As duas tiveram seus caminhos cruzados diversas vezes ao longo dos anos sem saber que eram mãe e filha.

Hoje, com 31 anos, Aoife escreveu um livro que conta a história dessa busca.

Aoife e Micheal contam à BBC como foi essa emocionante trajetória.

Clique aqui para nos dizer o que você acha deste site