BBC navigation

Zoo argentino permite 'cafuné' em tigres e leões

Atualizado em  18 de março, 2014 - 05:54 (Brasília) 08:54 GMT

Player

Dono diz que segredo é que bichos são criados como cães domésticos, mas especialistas dizem que prática traz riscos.

Assistirmp4

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Formatos alternativos

Um zoológico de Buenos Aires está fazendo com que temidos animais selvagens possam interagir com visitantes como se fossem bichos domésticos.

O público que vai ao zoológico Lujan pode acariciar os animais e alimentar leões, tigres e ursos.

Segundo Jorge Alberto Semino, proprietário do zoo, o sistema para domesticar os animais leva até três anos e consiste em criar os animais em cativeiro ao lado de cães, para que eles possam, supostamente, superar seus instintos selvagens.

Especialistas e representantes de entidades de proteção de animais afirmam que a prática envolve riscos diversos, como a possibilidade de propagação de doenças entre humanos e os animais e a chance de que os animais venham a atacar os visitantes.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.