'Luz contra a escuridão': crianças sírias pintam e desenham para lidar com traumas

11 março 2014 Atualizado pela última vez 05:24 (Brasília) 08:24 GMT

ONG que dá acompanhamento psicológico a refugiados expõe trabalhos em mostra no Líbano.
Foto: Najda Now Lebanon International
Traumatizadas pelas cenas de violência na guerra civil na Síria, crianças refugiadas no Líbano foram acolhidas por uma ONG. Elas produziram pinturas e esculturas sobre o conflito. Esta simboliza o desejo de uma menina de viver no fundo do mar, longe da guerra.
Foto: Najda Now Lebanon International
Neste desenho menino retrata protesto do povo sírio com bandeiras da revolução. Manifestantes são alvo de tiros. A coleção de trabalhos se transformou em exposição na capital Beirute e percorrerá a Alemanha , França e a Grã-Bretanha.
Foto: Najda Now Lebanon International
Os desenhos retratam a visão de crianças profundamente marcadas por uma sangrenta guerra que já deixou cerca de 2,5 milhões de refugiados. Este desenho simboliza a irmã de um sírio que morreu durante a guerra.
Foto: Najda Now Lebanon International
Desenho mostra a casa do menino como um oásis cercado pela violência da guerra.
Foto: Najda Now Lebanon International
Menina síria retrata mãe que morreu em bombardeio em Homs, na Síria. De acordo com o Unicef, perto de 5,5 milhões de crianças na Síria e em países que acolheram os refugiados foram afetadas pelos combates.
Foto: Najda Now Lebanon International
Menino desenha sua casa antes da guerra. Intitulado de Luz contra a Escuridão, o projeto da ONG Najda Now Lebanon International atende 206 crianças sírias entre 9 e 13 anos vindas de cidades como Damasco, Homs, Deera e Deir Er Zour.
Foto: Najda Now Lebanon International
Escultura simboliza o povo sírio sorrindo e superando a tristeza da guerra. Crianças foram estimuladas a retratar o passado e mostrar o que esperam do futuro.
Foto: Najda Now Lebanon International
A violência da guerra estampada no desenho do menino sírio.
Foto: Najda Now Lebanon International
Desenho mostra a destruição causada por helicóptero do governo em bairro de Homs. Os desenhos também viraram calendários e livros, que são vendidos ao público e a renda revertida para financiar o projeto da ONG.
Foto: Najda Now Lebanon International
Escultura feita por jovem representa um amigo morto pelos bombardeios nos arredores de Damasco.
Foto: Najda Now Lebanon International
A Najda Now diz que as crianças e adolescentes sírios apresentam marcas psicológicas profundas deixadas pelo conflito armado.
Foto: Najda Now Lebanon International
Menina modelou o pai assisitindo TV antes de ser morto por bombardeios do regime sírio em Deir Er Zour.
Foto: Najda Now Lebanon International
Menino sirio retratou como era a vida com sua família antes da guerra.
Foto: Najda Now Lebanon International
Menino modelou o avô que ficou na Síria. O projeto da ONG Najda também trabalha música e teatro ministradas por artistas e diretores sírios.
Foto: Najda Now Lebanon International
Segundo o coordenador do projeto, as cenas de violência prevaleciam quando o tema era livre.
Foto: Najda Now Lebanon International
Escultura que simboliza o povo sírio furioso com o presidente Bashar al-Assad. acordo com a ONU, a guerra civil na Síria já matou mais de 135 mil pessoas desde março de 2011.