BBC navigation

Auroras boreais dão 'espetáculo' nos céus da Grã-Bretanha

Atualizado em  28 de fevereiro, 2014 - 09:08 (Brasília) 12:08 GMT
  • Fenômeno fez aparições multicoloridas no norte do país.
    A aurora boreal – um fenômeno natural de luzes no céu - tem ocorrido em partes da Grã-Bretanha. O fenômeno, causado por partículas com carga elétrica que vêm do Sol e entram na atmosfera da Terra, criou cenas como esta no memorial de guerra de Stonehaven, em Aberdeenshire, na Escócia. (Foto: Brian Doyle)
  • Fenômeno fez aparições multicoloridas no norte do país.
    Mark Thompson, apresentador do programa da BBC 'Stargazing Live', que analisa o céu da Grã-Bretanha, afirmou que não esperava uma aurora boreal tão espetacular como a deste ano. Acima, as luzes em Wick, também na Escócia. (Foto: Andrew Traill)
  • Fenômeno fez aparições multicoloridas no norte do país.
    Thompson afirmou que as luzes, que também podiam ser vistas em Corbrige, Northumberland, (norte da Inglaterra, acima) ocorrem quando o vento solar, ou partículas carregadas, são ejetadas do Sol. 'Elas precisam de dois ou três dias para chegar aqui e, quando chegam, elas fazem com que os átomos de gás no céu brilhem. É simples assim', disse. (Foto: John Logan)
  • Fenômeno fez aparições multicoloridas no norte do país.
    Segundo o astrônomo uma ejeção de massa coronal ocorreu no Sol há três ou quatro dias e todo o material viajou em direção da Terra. Thompson disse ainda que a aurora boreal 'depende do quanto o Sol está ativo'. Esta foto foi feita em Boulmer, Northumberland. (Foto: Ian Glendinning)
  • Fenômeno fez aparições multicoloridas no norte do país.
    Thompson afirmou que as partículas geralmente são puxadas para o Polo Norte, mas se houver uma boa quantidade destas partículas, 'elas vão viajar mais longe, em direção ao equador, e fazer com que as luzes apareçam mais ao sul'. Geralmente, em ocasiões como esta, as luzes podem ser vistas até em Gloucestershire (acima), no sudoeste da Inglaterra. (Foto: Ian Smith)
  • Fenômeno fez aparições multicoloridas no norte do país.
    'É uma questão de sorte', disse Thompson. 'A última vez que vi (uma aurora boreal) tão espetacular foi, provavelmente, há 20 anos', acrescentou. As luzes foram vistas em muitos lugares na Grã-Bretanha, incluindo na região de Cumbria, norte da Inglaterra. (Foto: Jonathan Cooper)
  • Fenômeno fez aparições multicoloridas no norte do país.
    Acima, a aurora boreal vista em Bow Fiddle Roch, Portknochie, Moray, na Escócia. (Foto: Alexander Dutoy)
  • Fenômeno fez aparições multicoloridas no norte do país.
    As luzes também fizeram um espetáculo em Foxley, Norfolk, um vilarejo no leste da Inglaterra. (Foto: Chris Bell)
  • Fenômeno fez aparições multicoloridas no norte do país.
    E, nesta época do ano, muitos britânicos aproveitam para fazer fotos da aurora boreal. Esta, acima, mostra a ilha de St Mary, Tyne e Wear, no nordeste da Inglaterra. (Foto: Cheney Leung)

Luzes raras

Partes da Grã-Bretanha puderam testemunhar raras aparições de aurora boreal - o espetáculo da natural de luzes coloridas - nos céus do país.

O fenômeno é causado por partículas com carga elétrica que vêm do Sol e entram na atmosfera da Terra.

"Elas precisam de dois ou três dias para chegar aqui e, quando chegam, elas fazem com que os átomos de gás no céu brilhem. É simples assim", disse Mark Thompson, apresentador do programa da BBC Stargazing Live.

Segundo o astrônomo, uma ejeção de massa coronal ocorreu no Sol há três ou quatro dias e todo o material viajou em direção da Terra.

Thompson afirmou que as partículas geralmente são puxadas para o Polo Norte, mas se houver uma boa quantidade destas partículas, "elas vão viajar mais longe, em direção ao equador, e fazer com que as luzes apareçam mais ao sul".

"A última vez que vi (uma aurora boreal) tão espetacular foi, provavelmente, há 20 anos", acrescentou o astrônomo.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.