Em meio a onda de violência, atentado mata ex-ministro em Beirute

27 dezembro 2013 Atualizado pela última vez 08:41 BRST 10:41 GMT

O ex-ministro da Economia do Líbano Mohamad Chatah foi assassinado nesta sexta-feira em um atentado a bomba na região central de Beirute.

Explosão em Beirute. Foto: reprodução de vídeo
Televisão libanesa mostrou imagens de um carro pegando fogo no centro de Beirute

Outras quatro pessoas também morreram na explosão e 50 ficaram feridas. Vários prédios ficaram danificados com a explosão, que aconteceu próximo ao hotel Phoenicia, e não muito longe de diversos escritórios do governo.

O Líbano vive dias de violência com escalada no conflito sectário entre sunitas e xiitas.

O país também sofre com as consequências da guerra na Síria. O movimento xiita Hezbollah apoia o presidente sírio, Bashar al-Assad. Chatah era assessor do ex-premiê Saad Hariri, um muçulmano sunita.

No mês passado, o Irã - cujo governo apoia o Hezbollah - teve sua embaixada em Beirute atacada.