Belo e brutal: exposição celebra arquitetura do pós-guerra

31 outubro 2013 Atualizado pela última vez 10:36 BRST 12:36 GMT

Mostra em Londres mostra raras construções tombadas na Inglaterra a partir de 1987.
Exposição celebra a arquitetura do pós-guerra na Inglaterra
O English Heritage, órgão público responsável por proteger e promover o patrimônio histórico da Inglaterra, celebra a arquitetura do pós-guerra com a exposição Brutal and Beautiful: Saving the 20th Century (Brutal e Belo: Salvando o Século 20, em tradução livre). (Creekvean, Feock, Cornwall 1964-7, Team 4 - grade II*)
Exposição celebra a arquitetura do pós-guerra na Inglaterra
Há cerca de meio milhão de edifícios tombados na Inglaterra, mas apenas uma pequena fração destes foram construídos depois de 1945. Normalmente, um edifício tem que ter 30 anos de idade para ser tombado, por isso foi apenas em 1987 que o primeiro edifício do pós-guerra ganhou proteção. (Bracken House, City of London 1955-9, Albert Richardson - listed grade II* in 1987 (Remodelled - Michael Hopkins and Partners 1988-91)
Exposição celebra a arquitetura do pós-guerra na Inglaterra
Bracken House foi a antiga sede do jornal 'Financial Times' na cidade de Londres. Ironicamente, o primeiro edifício do pós-guerra a ser tombado foi um edifício no estilo clássico. O modernismo estava em baixa na na década de 1980. (Bracken House, City of London 1955-9, Albert Richardson - listed grade II* in 1987 (Remodelled - Michael Hopkins and Partners 1988-91)
Exposição celebra a arquitetura do pós-guerra na Inglaterra
A Convetry Cathedral foi a única catedral medieval completamente destruída na Segunda Guerra Mundial. Sua reconstrução tornou-se uma parte significativa da regeneração da Grã-Bretanha depois da Guerra. (Coventry Cathedral 1956-62, Sir Basil Spence and Partners - grade I)
Exposição celebra a arquitetura do pós-guerra na Inglaterra
A garagem de ônibus em Stockwell, no sudoeste de Londres, foi construída entre 1951 e 1954. Sua 'concha' é extremamente resistente, mesmo tendo apenas de 7 a 10 centímetros de espessura. (Stockwell Bus Garage, London, 1951-4, Adie, Button and Partners; grade II*)
Exposição celebra a arquitetura do pós-guerra na Inglaterra
Farnley Hey, em West Yorkshire, é um exemplo perfeito de uma casa-modelo dos anos 50, com todos as características da década. O vidro amarelo faz com ela brilhe mesmo em um dia cinzento. (Farnley Hey, Huddersfield, West Yorkshire 1954-5, Peter Womersley - grade II)
Exposição celebra a arquitetura do pós-guerra na Inglaterra
As varandas em curva do Cromwell House, no Barbican, em Londres, reduzem a passagem do vento, e cada uma incorpora um elemento de aquecimento para proteger contra geadas. (Cromwell House, Barbican, London, 1963-74, Chamberlin, Powell and Bon - grade II)
Exposição celebra a arquitetura do pós-guerra na Inglaterra
A madeira não é um material esquecido no período pós-guerra. O material foi usado para dar leveza a esta estação rodoviária Oxford, em Manchester, construída entre 1959-1960 sobre um viaduto.(Oxford Road Station, Manchester, 1959-60, Max Clendinning of British Railways London Midland Region - grade II)
Exposição celebra a arquitetura do pós-guerra na Inglaterra
Grande parte das construções do período pós-guerra foram destinadas ao ensino superior devido à demanda por vagas em universidades. Falmer House foi a primeira parte da Universidade de Sussex a ficar pronta. O prédio foi construído em torno de um pátio para que os alunos pudessem circular enquanto as obras estavam sendo concluídas. (Falmer House, University of Sussex, 1960-3, Basil Spence and Partners - grade I)
Exposição celebra a arquitetura do pós-guerra na Inglaterra
Estas são casas usadas por matemáticos da Universidade de Warwick, um projeto de Howell, Killick, Partridge e Amis. Os prédios baixos são utilizados como locais de estudo, e dentro destas paredes curvas há um quadro negro contínuo, em que os matemáticos podiam escrever longos cálculos ou fórmulas. (Houses for Visiting Mathematicians, Warwick University, 1968-70, Howell, Killick, Partridge and Amis - grade II*)
Exposição celebra a arquitetura do pós-guerra na Inglaterra
Nos anos 1960, os arquitetos começaram a construir suas próprias casas, com o intuito de experimentar. A casa acima é a Wildwood, em Dorset, um projeto de Richard Horden. (Wildwood, Poole, Dorset, 1973-5, Richard Horden - grade II)
Exposição celebra a arquitetura do pós-guerra na Inglaterra
Norman Foster, do escritório de arquitetura Foster Associates, projetou esse prédio da Universidade de East Anglia. Ele colocou toda a parte de manutenção dentro do estrutura, de modo que existe um espaço completamente limpo e aberto para exibição de arte. (Sainsbury Centre, University of East Anglia, Norwich 1977-8, Foster Associates - grade II*)
Exposição celebra a arquitetura do pós-guerra na Inglaterra
A exposição 'Brutal and Beautiful: Saving the 20th Century' fica em cartaz no Wellington Arch em Londres, até 24 de novembro de 2013. A construção acima é o Lloyd's Building, em Londres, construído entre 1981 e 86. ((Lloyd’s Building, City of London, 1981-6, Richard Rogers Partnership - grade I) All images copyright James O Davies/English Heritage.)