A reprodução deste formato de vídeo não é compatível com seu dispositivo

Direto dos EUA: A astúcia do ‘aluno enfadado’ Putin

13 setembro 2013 Atualizado pela última vez 23:57 (Brasília) 02:57 GMT

Jogada de Putin ajudou Obama a evitar derrota no Congresso sobre intervenção na Síria

Com uma jogada diplomática astuta, o presidente russo, Vladimir Putin, evitou uma intervenção iminente na Síria e colocou seu país no centro das negociações para tentar encontrar uma saída para as armas químicas do regime de Bashar Al Assad.

A diplomacia americana tem razões legítimas para questionar as verdadeiras intenções do seu adversário geopolítico, diz o correspondente da BBC Brasil em Washington, Pablo Uchoa.

Mas não devia esquecer que a solução russa também foi um “colete salva-vidas” – palavras de um analista – que o Kremlin lançou para a Casa Branca, que enfrentava uma derrota iminente no Congresso sobre o tema.

A maioria dos analistas americanos ainda está de orgulho ferido pela jogada de Putin, diz o correspondente, mas alguns reconheceram a habilidade do presidente russo.