A reprodução deste formato de vídeo não é compatível com seu dispositivo

Em protesto, ativistas do Greenpeace escalam edifício mais alto de Londres

11 julho 2013 Atualizado pela última vez 20:55 (Brasília) 23:55 GMT

Shard / BBC
Subida demorou cerca de 15 horas

Seis ativistas do Greenpeace encararam 308 metros de altura e ventos fortes para protestar contra a exploração de petróleo no Ártico.

O local escolhido foi o Shard, o edifício mais alto de Londres e da Europa Ocidental.

A subida demorou cerca de 15 horas para ser concluída.

No topo do prédio, as ativistas abriram uma bandeira com a frase "Salvem o Ártico".

Quem não gostou do protesto foram os turistas, impedidos de apreciar de cima do Shard uma das mais belas vistas de Londres.