BBC navigation

Cientista investiga uso de cães para farejar câncer de mama

Atualizado em  15 de março, 2013 - 15:56 (Brasília) 18:56 GMT

Player

Animais já conseguem detectar câncer de próstata e bexiga.

Assistirmp4

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Formatos alternativos

Uma cientista da Inglaterra está pesquisando se cães conseguem farejar casos de câncer de mama.

Jobi (BBC)

Jobi é primeiro cão a ser treinado para detectar câncer de mama

Até agora, pesquisas vêm se concentrando em desvendar, com o uso de cachorros, casos de câncer de próstata ou bexiga. Mas, agora, os cientistas estão tentando ampliar o uso deles nesses casos.

Claire Guest, que trabalha há anos na área, teve um câncer de mama diagnosticado em estágio inicial por um de seus cães.

Agora, Claire se uniu a outros cientistas e médicos para procurar a prova clínica de que cães conseguem farejar o câncer de mama.

Eles trabalham com Jobi - o primeiro cão a receber treinamento específico para identificar esse tipo de tumor.

A pesquisadora afirma que se, no futuro, eles descobrirem como o cachorro consegue detectar o câncer, também poderá ser possível fabricar máquinas que podem analisar o hálito ou a urina para detectar sinais da doença.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.