Terrorismo e criminalidade na Copa preocupam secretário de segurança de SP

Atualizado em  8 de fevereiro, 2013 - 16:56 (Brasília) 18:56 GMT

Player

Secretário de Segurança quer reduzir taxa de homicídios até data do Mundial da Fifa.

Assistirmp4

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Formatos alternativos

Há menos de três meses o atual secretário da Segurança Pública de São Paulo, Fernando Grella, assumiu a pasta com a complicada missão de refrear a onda de violência que deixou mais de uma centena de policiais mortos e aumentou em 40% o número de homicídios ocorridos na capital no ano passado.

Em entrevista à BBC Brasil, Grella afirmou que sua meta é fazer com que até a Copa de 2014, o índice de homicídios no Estado caia para menos de 10 por 100 mil habitantes e saia do nível considerado endêmico pela Organização Mundial da Saúde.

Ele disse ainda que as forças de segurança locais estão sendo treinadas para lidar com eventuais ameaças extremistas contra delegações estrangeiras no mundial.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.