Mergulhadores libertam fêmea grávida de tubarão-baleia presa em corda

Atualizado em  6 de dezembro, 2012 - 09:16 (Brasília) 11:16 GMT

Player

Animal tem 10 m de comprimento; espécie é maior peixe do mundo.

Assistirmp4

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Formatos alternativos

Corda deixou cicatrizes no tubarão-baleia grávido.

Mergulhadores resgataram uma fêmea grávida de tubarão-baleia de dez metros de comprimento que ficou presa por uma corda na costa do México.

Eles faziam um passeio com um grupo de turistas, quando avistaram o animal.

Foram necessários dois mergulhos a 30 metros de profundidade para conseguir cortar a corda e soltar o peixe.

A espécie, apesar de ser a maior entre os tubarões, é inofensiva e se alimenta somente de plâncton.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.