BBC navigation

Conheça os Estados-pêndulo das eleições americanas

Atualizado em  23 de outubro, 2012 - 12:24 (Brasília) 14:24 GMT

Os Estados que devem decidir as eleições dos EUA

A maioria dos Estados tem um histórico de votação a favor de um dos dois principais partidos americanos e os atuais candidatos à Presidência mais uma vez contarão com esses votos. Isto faz com que a eleição seja realmente decidida em poucos Estados, conhecidos como Estados-pêndulo.

As eleições presidenciais ocorrem por meio dos colégios eleitorais. Cada Estado recebe um número de votos de acordo com sua população, fazendo com que alguns Estados tenham mais peso dos os outros.

Por exemplo, a Califórnia, com 37,7 milhões de habitantes, tem 55 votos, enquanto Estados mais rurais, como Montana, que tem apenas 1 milhão de habitantes, conta com apenas três votos. O candidato que ganhar num Estado leva todos os votos daquele colégio eleitoral *.

É necessário ter 270 votos para tornar-se o presidente dos Estados Unidos.

Clique para ver as principais bases eleitorais dos partidos.

Estados-pêndulo (161 votos) - Nestes Estados a disputa é tão acirrada que qualquer candidato pode ser vitorioso. Estes "campos de batalha" são os locais onde as campanhas focarão mais tempo e recursos.

Bases Republicanas (191 votos) - Os "Estados vermelhos", que apoiam os Republicanos, dominam o sul e meio-oeste, mas muitos contam com poucos votos de colégio.

Bases Democratas (186 votos) - Os "Estados azuis" no nordeste e na costa oeste são predominantemente urbanos, com maior densidade populacional, e por isso contam com mais votos como colégios eleitorais.

Carregando

COLORADO, 9 votos

O Colorado é, em média, o Estado americano mais acima do nível do mar, com cerca de 1.000 picos das Montanhas Rochosas acima de 3 mil metros de altura.

O Colorado, como outros Estados com populações hispânicas em crescimento, tem se tornado cada vez mais propenso aos Democratas nos últimos anos, embora tenha sido um Estado solidamente Republicano no passado. Após três eleições presidenciais seguidas com vitória para candidatos Republicanos, em 2008 Barack Obama tomou o Estado para seu partido.

Mesmo assim, a batalha no Estado não está garantida para os Democratas. Em 2010, os Republicanos conquistaram dois assentos no Congresso e quase levaram também um assento no Senado e o governo estadual. Os eleitores democratas estão concentrados nas cidades de Boulder e Denver, enquanto os republicanos dominam as áreas rurais e a região de Colorado Springs, um bastião do conservadorismo religioso e social. Em franco crescimento, os subúrbios de Denver prometem ser um local de disputa entre os dois partidos.

POPULAÇÃO

  • 70,0%BRANCOS
  • 3,8%NEGROS
  • 20,7%HISPÂNICOS
  • 5,4%OUTROS

ECONOMIA

  • US$56.334 salário anual médio
  • 11,2% taxa de pobreza
  • 8,20% taxa de desemprego

COMO FOI A ÚLTIMA DISPUTA

  • 8,4%
    2000 VITÓRIA REPUBLICANA
  • 4,7%
    2004 VITÓRIA REPUBLICANA
  • 8,9%
    2008 VITÓRIA DEMOCRATA
previous next
Clique em um Estadopara ver seu perfil

Disputas

Nestes Estados a disputa é tão acirrada que qualquer candidato poderia vencer.Estes são os Estados onde as eleições serão decididas.

Voltar

COLORADO, 9 votos

O Colorado é, em média, o Estado americano mais acima do nível do mar, com cerca de 1.000 picos das Montanhas Rochosas acima de 3 mil metros de altura.

O Colorado, como outros Estados com populações hispânicas em crescimento, tem se tornado cada vez mais propenso aos Democratas nos últimos anos, embora tenha sido um Estado solidamente Republicano no passado. Após três eleições presidenciais seguidas com vitória para candidatos Republicanos, em 2008 Barack Obama tomou o Estado para seu partido.

Mesmo assim, a batalha no Estado não está garantida para os Democratas. Em 2010, os Republicanos conquistaram dois assentos no Congresso e quase levaram também um assento no Senado e o governo estadual. Os eleitores democratas estão concentrados nas cidades de Boulder e Denver, enquanto os republicanos dominam as áreas rurais e a região de Colorado Springs, um bastião do conservadorismo religioso e social. Em franco crescimento, os subúrbios de Denver prometem ser um local de disputa entre os dois partidos.

POPULAÇÃO

  • 70,0%BRANCOS
  • 3,8%NEGROS
  • 20,7%HISPÂNICOS
  • 5,4%OUTROS

ECONOMIA

  • US$56.334 salário anual médio
  • 11,2% taxa de pobreza
  • 8,20% taxa de desemprego

COMO FOI A ÚLTIMA DISPUTA

  • 8,4%
    2000 VITÓRIA REPUBLICANA
  • 4,7%
    2004 VITÓRIA REPUBLICANA
  • 8,9%
    2008 VITÓRIA DEMOCRATA

FLÓRIDA, 29 VOTOS

Conhecida como o "Estado Ensolarado", a Flórida é famosa por suas praias e sedia grandes atrações turísticas como a Disney World.

A Flórida é um dos Estados-pêndulo mais "clássicos", tendo votado em todos os candidatos que ganharam as eleições para presidente desde 1996. No ano 2000, a disputa entre George W. Bush e Al Gore foi tão acirrada que levou a pedidos de recontagem de votos que só foram abandonados quando a Suprema Corte ordenou que fossem interrompidos.

O Estado é composto de uma população altamente diversificada. No norte, os brancos protestantes e cubanos-americanos tendem a votar para os Republicanos, enquanto no sul há mais votos para os Democratas entre os eleitores urbanos, de Tampa e Miami, além dos aposentados judeus em Palm Beach e hispânicos que não são de origem cubana. Para os hispânicos, a imigração é assunto crucial, enquanto os aposentados judeus preocupam-se com Israel e o sistema de saúde. Mas para a maioria dos eleitores deste Estado que foi duramente atingido pela crise imobiliária, a economia continua sendo o tema principal.

POPULAÇÃO

  • 57,9%BRANCOS
  • 15,2%NEGROS
  • 22,5%HISPÂNICOS
  • 4,3%OUTROS

ECONOMIA

  • US$47.051 salário anual médio
  • 13,1% taxa de pobreza
  • 8,8% taxa de desemprego

COMO FOI A ÚLTIMA DISPUTA

  • 0,0%
    2000 VITÓRIA REPUBLICANA
  • 5,0%
    2004 VITÓRIA REPUBLICANA
  • 2,8%
    2008 VITÓRIA DEMOCRATA

IOWA, 6 VOTOS

O nome do Estado de Iowa deriva do povo Ioway, uma tribo indígena americana. A região também é conhecida como Hawkeye State, em uma homenagem a Black Hawk, um dos chefes desta tribo.

Famoso por tradicionalmente sediar o primeiro "caucus", prévias que integram o processo de seleção dos candidatos, o Estado pendeu entre os Democratas e Republicanos nos anos de 2000 e 2004, mas deu vitória a Obama em 2008 com uma maioria mais sólida.

A vasta área agrícola no oeste do Estado, região que abriga muitos dos famosos campos de milho de Iowa, tende a favorecer os Republicanos, enquanto as cidades no centro e no leste -incluindo a capital Des Moines e a cidade universitária Iowa City- são territórios mais amigáveis aos Democratas. A importância da agricultura para Iowa, conhecida também pelo foco na criação de suínos, além do forte lobby dos fazendeiros de milho, significa que os subsídios agrícolas tendem a ser muito populares no Estado.

POPULAÇÃO

  • 88,7%BRANCOS
  • 2,9%NEGROS
  • 5,0%HISPÂNICOS
  • 3,5%OUTROS

ECONOMIA

  • US$48.457 salário anual médio
  • 12,4% taxa de pobreza
  • 5,4% taxa de desemprego

COMO FOI A ÚLTIMA DISPUTA

  • 0,3%
    2000 VITÓRIA DEMOCRATA
  • 0,7%
    2004 VITÓRIA REPUBLICANA
  • 9,5%
    2008 VITÓRIA DEMOCRATA

MICHIGAN, 16 votos

Conhecido como o Estado dos Grandes Lagos, Michigan é famoso por sediar a indústria automobilística dos EUA, concentrada sobretudo em torno da cidade de Detroit.

Embora Michigan tenha se alinhado aos Democratas em todas eleições presidenciais desde 1992, o republicano George W. Bush perdeu por muito pouco em 2000 e 2004, e os Republicanos tem um retrospecto de sucesso nas eleições estaduais.

Michigan é famoso pelo "Rust Belt" (conhecido como "Cinturão da Ferrugem, ou da Manufatura"), que um dia já foi o coração da indústria manufatureira americana, mas sofre com índices crônicos de desemprego desde o início do declínio da indústria pesada nos anos 1980. O grande tema eleitoral em Michigan será a economia, mais especificamente a decisão do presidente Barack Obama de fornecer empréstimos do governo a duas das três grandes fabricantes de carros em 2009 quando estavam prestes a enfrentar a falência. A medida teve forte rejeição dos Republicanos e foi vista como uma interferência do governo. Para os Democratas o plano ajudou a salvar as empresas e garantiu a manutenção de milhares de empregos.

POPULAÇÃO

  • 76,6%BRANCOS
  • 14,0%NEGROS
  • 4,4%HISPÂNICOS
  • 4,9%OUTROS

ECONOMIA

  • US$47.461 salário anual médio
  • 14,1% taxa de pobreza
  • 9,4% taxa de desemprego

COMO FOI A ÚLTIMA DISPUTA

  • 5,1%
    2000 VITÓRIA DEMOCRATA
  • 3,4%
    2004 VITÓRIA DEMOCRATA
  • 16,5%
    2008 VITÓRIA DEMOCRATA

MINNESOTA, 10 votos

"Estrela do Norte" é o lema de Minnesota, um centro de cultura escandinava-americana com sua forte herança deixada pelos imigrantes da Noruega e da Suécia.

O Estado de Minnesota tem consistentemente votado a favor de candidatos presidenciais democratas desde 1972, e até mesmo em 1984, quando todos os outros Estados votaram em Ronald Reagan. Mas George W. Bush perdeu por muito pouco no Estado tanto em 2000 como em 2004, e os Republicanos têm se tornado cada vez mais competitivos em eleições estaduais, ganhando o governo do Estado em 2006 e ficando a 10 mil votos de fazer o mesmo em 2010.

Assim como ocorre no resto do país, a situação da economia e a taxa de desemprego devem ser os principais assuntos políticos a dominarem as eleições em Minnesota, sobretudo nas cidades industriais de Minneapolis, St. Paul e Duluh. Mas o Estado tem frequentemente tomado um curso político distinto do resto dos Estados Unidos e candidatos independentes, nem Republicanos nem Democratas, têm sido regularmente bem sucedidos aqui.

POPULAÇÃO

  • 83,1%BRANCOS
  • 5,1%NEGROS
  • 4,7%HISPÂNICOS
  • 6,9%OUTROS

ECONOMIA

  • US$56.704 salário anual médio
  • 10,6% taxa de pobreza
  • 5,9% taxa de desemprego

COMO FOI A ÚLTIMA DISPUTA

  • 2,4%
    2000 VITÓRIA DEMOCRATA
  • 3,5%
    2004 VITÓRIA DEMOCRATA
  • 10,2%
    2008 VITÓRIA DEMOCRATA

NEVADA, 6 votos

Conhecido como o "Estado Prateado" devido às suas grandes minas de prata, o ponto mais famoso de Nevada é a cidade de Las Vegas.

Geralmente o Estado de Nevada é visto como um "criador de tendências", tendo votado em todos os candidatos que ganharam a Presidência desde 1980. Barack Obama ganhou com uma margem confortável em 2008 e os Democratas esperam que ele repita esse sucesso em 2012. O Estado é grande e tem uma população hispânica em ascensão, tornando a imigração um assunto crucial.

O Estado foi fortemente afetado pela crise econômica de 2008, com as taxas de desemprego chegando a 15% em 2010, dando à economia um papel crucial nessas eleições. Os Democratas dominam as cidades de Las Vegas e Reno, enquanto os Republicanos têm mais popularidade nos subúrbios de Las Vegas e no interior, repleto de fazendas e bases militares.

POPULAÇÃO

  • 54,1%BRANCOS
  • 7,7%NEGROS
  • 26,5%HISPÂNICOS
  • 11,5%OUTROS

ECONOMIA

  • US$55.322 salário anual médio
  • 9,4% taxa de pobreza
  • 12,1% taxa de desemprego

COMO FOI A ÚLTIMA DISPUTA

  • 3,5%
    2000 VITÓRIA REPUBLICANA
  • 2,6%
    2004 VITÓRIA REPUBLICANA
  • 12,5%
    2008 VITÓRIA DEMOCRATA

NEW HAMPSHIRE, 4 votos

Conhecido como "Estado do Granito" por suas minas e locais de escavação, New Hampshire também é famoso pela formação rochosa "Velho da Montanha", que embora tenha sido destruída em 2003 ainda é vista como símbolo do Estado.

New Hampshire é um Estado liberal que tem mostrado uma tendência surpreendente de votar em candidatos Republicanos nos últimos anos. Embora Barack Obama tenha vencido no Estado com uma maioria sólida, George W. Bush ganhou aqui em 2000, e nas eleições parlamentares de 2010 os Republicanos ganharam um assento no Senado e dois congressistas distritais. Mitt Romney pode ser beneficiado por seu background como governador de Massachusetts, Estado vizinho.

O Estado se orgulha de ser o primeiro a sediar as primárias, e os eleitores aqui gostam de analisar os candidatos presidenciais pessoalmente nos eventos locais. New Hampshire tem demonstrado um perfil independente e antigoverno, e sua baixa carga tributária tem atraído diversas empresas.

POPULAÇÃO

  • 92,3%BRANCOS
  • 1,0%NEGROS
  • 2,8%HISPÂNICOS
  • 3,7%OUTROS

ECONOMIA

  • US$62.629 salário anual médio
  • 8,7% taxa de pobreza
  • 5,7% taxa de desemprego

COMO FOI A ÚLTIMA DISPUTA

  • 1,3%
    2000 VITÓRIA REPUBLICANA
  • 1,4%
    2004 VITÓRIA DEMOCRATA
  • 9,6%
    2008 VITÓRIA DEMOCRATA

NOVO MÉXICO, 5 votos

O Zia, um símbolo dos indígenas americanos para o sol, aparece na bandeira do Estado, que tem o segundo maior percentual de habitantes descendentes de nativos norte-americanos do país.

O Novo México teve votações muito apertadas em 2000 e 2004 -Al Gore ganhou no Estado com uma margem de apenas 366 votos em 2000, enquanto em 2004 George W. Bush ganhou com uma maioria de cerca de 6 mil. Obama, no entanto, conquistou uma maioria de 15% em 2008 e embora os Republicanos tenham conquistado o governo estadual em 2010, pesquisas sugerem que os Democratas ganharão mais uma vez no Estado em 2012.

O Estado é dividido em fronteiras geográficas e políticas, com os Democratas mantendo-se fortes nas áreas mais urbanas, do norte, e os Republicanos posicionando sua liderança no sudeste, que faz fronteira com o Texas. A grande população latina do Novo México apoiou Obama em 2008 e, embora o presidente não tenha colocado em prática a reforma das leis de imigração, o posicionamento dos Republicanos no setor continua afastando os votos da comunidade hispânica.

POPULAÇÃO

  • 40,5%BRANCOS
  • 1,7%NEGROS
  • 46,3%HISPÂNICOS
  • 11,3%OUTROS

ECONOMIA

  • US$42.737 salário anual médio
  • 16,2% taxa de pobreza
  • 6,5% taxa de desemprego

COMO FOI A ÚLTIMA DISPUTA

  • 0,1%
    2000 VITÓRIA DEMOCRATA
  • 0,8%
    2004 VITÓRIA REPUBLICANA
  • 15,1%
    2008 VITÓRIA DEMOCRATA

CAROLINA DO NORTE, 15 votos

A Carolina do Norte foi palco do famoso primeiro voo com uma aeronave motorizada, em Kitty Hawk, em 1903, protagonizado pelos irmãos Wright.

O Estado foi durante muitos anos um bastião Republicano, mas Barack Obama ganhou com uma leve maioria em 2008. O sucesso dos Democratas pode ser parcialmente atribuído às mudanças demográficas pelas quais o Estado passou nas últimas décadas.

A Carolina do Norte é um dos Estados mais prósperos e com maiores taxas de crescimento na região sul dos EUA. Houve um fluxo de entrada de muitos trabalhadores com diploma universitário para a invejada região do "triângulo da pesquisa", centrado nas cidades de Raleigh e Durham no coração do Estado. Aliado a um aumento em massa da população hispânica, além da já existente e signficativa população negra, isto deu aos Democratas uma grande e crescente base eleitoral.

POPULAÇÃO

  • 65,3%BRANCOS
  • 21,2%NEGROS
  • 8,4%HISPÂNICOS
  • 5,0%OUTROS

ECONOMIA

  • US$45.131 salário anual médio
  • 15,1% taxa de pobreza
  • 9,7% taxa de desemprego

COMO FOI A ÚLTIMA DISPUTA

  • 12,8%
    2000 VITÓRIA REPUBLICANA
  • 12,4%
    2004 VITÓRIA REPUBLICANA
  • 0,3%
    2008 VITÓRIA DEMOCRATA

OHIO, 18 votos

Estado natal de sete ex-presidentes, Ohio é conhecido às vezes como a "Mãe Moderna dos Presidentes", embora seu filho mais famoso seja Thomas Edison, inventor da lâmpada.

Um dos Estados que serve como exemplo mais clássico de "criador de tendências", Ohio tem apoiado o candidato que acaba por se eleger o novo presidente americano desde 1960. Isso faz com que todos os olhos se voltem para o Estado novamente em 2012, para ver se Barack Obama consegue manter sua liderança relativamente pequena. Os Republicanos estarão torcendo para repetir em Ohio o sucesso obtido com os votos que lhes deram o governo estadual e um assento no Senado em 2010.

Assim como seus vizinhos Michigan e Pensilvânia, Ohio está situado no outrora próspero, mas agora decadente coração industrial. O Estado ainda sedia, no entanto, marcas mundiais como a Procter & Gamble e os pneus Firestone. A recessão de 2007-09 não poupou Ohio, o que torna o estado da economia um dos assuntos que devem dominar as mentes dos eleitores no dia da votação.

POPULAÇÃO

  • 81,1%BRANCOS
  • 12,0%NEGROS
  • 3,1%HISPÂNICOS
  • 3,7%OUTROS

ECONOMIA

  • US$46.838 salário anual médio
  • 14,5% taxa de pobreza
  • 7,2% taxa de desemprego

COMO FOI A ÚLTIMA DISPUTA

  • 4,6%
    2000 VITÓRIA REPUBLICANA
  • 4,6%
    2004 VITÓRIA REPUBLICANA
  • 4,6%
    2008 VITÓRIA DEMOCRATA

PENSILVÂNIA, 20 votos

Conhecido como Estado da "Pedra Fundamental", a Pensilvânia foi palco da assinatura da Declaração de Independência americana, assim como do "Liberty Bell", um símbolo do documento histórico.

Embora a Pensilvânia tenha apoiado os Democratas em todas as eleições presidenciais desde 1992, as disputas foram bem acirradas aqui em 2000 e 2004, e com vitórias no governo estadual e para o Senado nas eleições de 2010. Mesmo assim, os Republicanos têm esperança de tornar a Pensilvânia um Estado competitivo novamente.

Em uma famosa descrição, o analista político James Carville definiu a Pensilvânia como "Filadélfia e Pittsburgh com o Alabama no meio", que serve também para explicar a composição política do Estado: os Democratas dominam as cidades industriais no leste e no oeste, enquanto os Republicanos vão bem nas áreas mais rurais. A economia, no entanto, deve ser o assunto crucial para ambos, já que a crise econômica afetou o Estado como um todo.

POPULAÇÃO

  • 79,5%BRANCOS
  • 10,4%NEGROS
  • 5,7%HISPÂNICOS
  • 4,2%OUTROS

ECONOMIA

  • US$50.028 salário anual médio
  • 13,2% taxa de pobreza
  • 8,1% taxa de desemprego

COMO FOI A ÚLTIMA DISPUTA

  • 4,2%
    2000 VITÓRIA DEMOCRATA
  • 2,5%
    2004 VITÓRIA DEMOCRATA
  • 10,3%
    2008 VITÓRIA DEMOCRATA

VIRGÍNIA, 13 votos

A Virgínia é conhecida como "Mãe de todos os Presidentes", já que muitos dos primeiros presidentes dos EUA, incluindo Thomas Jefferson, nasceram no Estado.

Como grande parte do sul, a Virgínia foi solidamente fiel aos Democratas do final da Guerra Civil até os anos 1960, quando -insatisfeita com as reformas de direitos civis aprovadas pelos Democratas- tornou-se um bastião republicano.

Mas o recente crescimento da população nos subúrbios de classe média em torno de Washington D.C. e o aumento da população hispânica no Estado deram um impulso aos Democratas. Aliando essas mudanças à grande população negra, a Virgínia apresenta-se como um dos Estados-pêndulo mais típicos. Barack Obama venceu com uma maioria moderada aqui em 2008 (o primeiro Democrata a fazê-lo desde 1964), e ambos os senadores do Estado são atualmente Democratas. Os Republicanos, no entanto, retomaram o governo estadual no final de 2009, e esperam manter-se competitivos nas eleições de novembro deste ano.

POPULAÇÃO

  • 64,8%BRANCOS
  • 19,0%NEGROS
  • 7,9%HISPÂNICOS
  • 8,2%OUTROS

ECONOMIA

  • US$60.539 salário anual médio
  • 10,4% taxa de pobreza
  • 5,9% taxa de desemprego

COMO FOI A ÚLTIMA DISPUTA

  • 8,0%
    2000 VITÓRIA REPUBLICANA
  • 8,2%
    2004 VITÓRIA REPUBLICANA
  • 6,3%
    2008 VITÓRIA DEMOCRATA

WISCONSIN, 10 votos

Com um texugo que aparece em seu brasão, selo e bandeira e até mesmo em seu hino, Wisconsin é conhecido como o Estado do Texugo.

Os Democratas venceram todas as eleições presidenciais em Wisconsin desde 1988, mas os Republicanos perderam por muito pouco em 2000 e 2004, e levaram o governo estadual e um assento do Senado em 2010, indicando um clima de competitividade no Estado.

Barack Obama espera manter a mesma maioria sólida com a qual venceu em 2008 e para isso conta com o apoio dos fortes movimentos sindicais do Estado. Os sindicatos têm liderado a oposição ao novo governador Scott Walker e sua proposta polêmica de restringir os direitos de barganha por aumentos coletivos. Os projetos de lei atraíram manifestações em massa e a oposição chegou a lançar um pedido de reeleição no Estado.

POPULAÇÃO

  • 83,3%BRANCOS
  • 6,2%NEGROS
  • 5,9%HISPÂNICOS
  • 4,6%OUTROS

ECONOMIA

  • US$51.257 salário anual médio
  • 11,5% taxa de pobreza
  • 7,5% taxa de desemprego

COMO FOI A ÚLTIMA DISPUTA

  • 0,2%
    2000 VITÓRIA DEMOCRATA
  • 0,4%
    2004 VITÓRIA DEMOCRATA
  • 13,9%
    2008 VITÓRIA DEMOCRATA

* Exceto Nebraska e Maine, que dividem seus votos com base nos vencedores nos distritos de congresso assim como em todo o Estado.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.