BBC navigation

Repórter acompanha polícia em uma das cidades mais violentas do mundo

Atualizado em  17 de julho, 2012 - 11:20 (Brasília) 14:20 GMT

Player

Guerra de quadrilhas e tráfico de cocaína aumentam número de assassinatos em San Pedro Sula, em Honduras.

Assistirmp4

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Formatos alternativos

Atenção: este vídeo mostra imagens que podem ser consideradas perturbadoras.

Quadrilhas rivais brigam pelo controle do tráfico de cocaína em San Pedro Sula, em Honduras (BBC)

Quadrilhas rivais brigam pelo controle do tráfico de cocaína em San Pedro Sula, em Honduras (BBC)

Uma morte violenta a cada 74 minutos deu a Honduras o título de capital mundial de assassinatos.

A reportagem da BBC acompanhou a polícia na cidade de San Pedro Sula, uma das mais violentas do mundo.

Depois de encontrar mais um corpo com sinais de balas e tortura, os policiais da cidade contam que não existem recursos para investigações e, por isso, tem crescido a cultura da impunidade na região.

San Pedro Sula é a capital de negócios de Honduras.

Tudo parece normal na cidade, mas é possível notar que quase todas as empresas tem segurancas armados.

Os índices de violência aumentam todo mês e duas gangues rivais lutam pelo controle do tráfico de cocaína na cidade.

Ativistas que defendem os direitos humanos dizem que a polícia e a Justiça não funcionam e não há sequer peritos em número suficiente para examinar os corpos.

A cocaína é o grande problema de San Pedro Sula. Apreensões são uma exceção.

O governo promete combater o crime, mas admite não ter controle sobre a situação.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.