Projeto imobiliário vira cidade-fantasma em Angola

Atualizado em  3 de julho, 2012 - 10:35 (Brasília) 13:35 GMT

Player

Dos 2,2 mil apartamentos colocados à venda há um ano, apenas 220 foram comprados.

Assistirmp4

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Formatos alternativos

Um projeto residencial nos arredores de Luanda, capital de Angola, se transformou em uma espécie de cidade-fantasma.

Novo bairro nos arredores de Luanda ainda está deserto (BBC)

Novo bairro nos arredores de Luanda ainda está deserto (BBC)

O bairro de Nova Cidade de Kilamba ainda não foi acabado, mas prevê a construção de 750 prédios de oito andares, dezenas de escolas e lojas. A previsão é de que, quando pronto, vai receber 500 mil pessoas.

Mas, por enquanto, o que se vê são ruas desertas e apartamentos fechados. Os funcionários da construtora chinesa responsável pelo projeto são os pedestres mais frequentes nas calçadas.

Há um ano, foram colocados à venda 2,8 mil apartamentos. Apenas 220 foram comprados.

O preço pode ser a explicação - em um país onde muitos vivem com menos de R$ 4 por dia, estes apartamentos chegam a custar o equivalente a R$ 400 mil.

A imobiliária que está tentando vender os imóveis alega que o preço é justo, o problema é a dificuldade para se conseguir um financiamento.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.