BBC navigation

Grupo de 60 pessoas está isolado em igreja evangélica cubana há três semanas

Atualizado em  15 de setembro, 2011 - 08:08 (Brasília) 11:08 GMT

Player

Familiares estão preocupados depois que um integrante disse que eles estariam dispostos a 'morrer por Jesus'.

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Formatos alternativos

Um grupo de 60 pessoas está vivendo dentro de uma igreja evangélica em Havana, capital de Cuba, há três semanas.

Igreja evangélica em Havana

Sessenta pessoas se isolaram dentro de igreja evangélica em Havana

As autoridades disseram que não pretendem intervir, já que todas estão lá por vontade própria, de acordo com a imprensa estatal cubana. O governo mandou uma equipe médica para avaliar o grupo, que possui 19 crianças e quatro mulheres grávidas.

Alguns familiares das pessoas estão preocupados, depois que um dos integrantes do grupo disse que eles estariam "dispostos a morrer por Jesus".

O grupo é liderado pelo pastor Braulio Herrera, que foi expulso da sua Igreja há um ano e meio. O filho do pastor, que está dentro da igreja, disse que o grupo está rezando contra os pecados da ilha, que segundo ele incluem "idolatria ao diabo e homossexualidade".

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.