Ninguém quer guerra na península coreana, diz Obama

  • 11 abril 2013

O presidente americano, Barack Obama, instou nesta quinta-feira a Coreia do Norte a pôr fim à sua retórica belicista e disse que os EUA tomarão as medidas necessárias para proteger seu povo e seus aliados.

Em discurso após um encontro com o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, Obama disse que ninguém quer um conflito na península coreana.

Ban, por sua vez, pediu que a China - única aliada da Coreia do Norte - ajude a acalmar as tensões.

EUA e Coreia do Sul continuam em alerta para um teste de míssil norte-coreano, previsto para esta semana.

Nos últimos dias, Pyongyang ameaçou ataques nucleares contra EUA, Japão e Coreia do Sul, em resposta a sanções impostas ao país.