BBC navigation

Jogador grego é punido por fazer saudação nazista

Atualizado em  17 de março, 2013 - 12:56 (Brasília) 15:56 GMT
Giorgos Katidis (Foto Reuters)

Giorgos Katidis diz que estava apontando alguém na arquibancada

Um jogador de futebol grego foi banido para sempre de jogar pela seleção do país depois de fazer uma saudação nazista, apesar de negar que soubesse o que o gesto significava.

Giorgos Katidis, de 20 anos, que joga pelo AEK Atenas, fez a saudação para comemorar seu gol de vitória durante uma partida, no último sábado.

A Federação de Futebol grega qualificou o gesto como uma "provocação grave", que insultou "todas as vítimas da bestialidade nazista".

Katidis negou que tenha feito uma saudação nazista e disse que estava simplesmente apontando para um companheiro de equipe nas arquibancadas.

"Eu não sou fascista e não teria feito (esse gesto) se soubesse o que ele significava", disse o jogador, em sua conta no Twitter.

O clube pediu para que o jogador se explique em uma reunião do conselho do AEK Atenas, na próxima semana.

O treinador da equipe, o alemão Ewald Lienen apoiou Katidis.

"Ele é um garoto jovem, que não tem ideias políticas. Provavelmente viu a saudação na internet ou em outro lugar e fez isso sem saber o que significava", disse ele, segundo a agência de notícias Reuters.

Leia mais sobre esse assunto

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.