Itália não apresentará militares para serem julgados na Índia

Atualizado em  11 de março, 2013 - 19:17 (Brasília) 22:17 GMT

A chancelaria da Itália anunciou que dois militares italianos acusados de assassinatos na Índia não viajarão ao país para serem julgados.

Os militares participavam de uma missão de escolta de um navio italiano. Eles atiraram em dois pescadores indianos pois teria acreditado que se tratavam de piratas no ano passado.

Os italianos ficaram detidos no país a espera de julgamento, mas no mês passado receberem permissão para voltar a seu país a fim de participar de eleições e passar um tempo com a família. Eles deveriam se apresentar em seguida à Justiça indiana.

A chancelaria da Itália afirmou que os militares ficarão em seu país pois a Índia estaria violando leis internacionais.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.