BBC navigation

Otan pede desculpas por morte de meninos afegãos em ataque

Atualizado em  2 de março, 2013 - 14:05 (Brasília) 17:05 GMT

As forças lideradas pela Otan (aliança militar ocidental) no Afeganistão pediram desculpas pelas mortes de dois meninos afegãos, mortos quando um helicóptero disparou contra eles ao confundí-los com insurgentes.

Os meninos, que tinham menos de sete anos de idade, foram mortos em fevereiro na província de Uruzgan.

O comandante das forças militares estrangeiras no país, general Joseph Dunford, afirmou afirmou que a missão assume "total responsabilidade" pelo incidente, que ele chamou de tragédia.

Analistas afirmam que as mortes de civis têm enfurecido o povo afegão e também o presidente Hamid Karzai.

Segundo o correspondente da BBC em Cabul Quentin Sommerville, Karzai já exigiu várias vezes que as forças da Otan tomem mais cuidado e evitem incidentes como este.

Em fevereiro, um ataque aéreo da Otan na província de Kunar, leste do país, matou dez civis, entre eles cinco mulheres e quatro crianças.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.