Dilma assina acordo para negociar baterias antiaéreas com a Rússia

Atualizado em  20 de fevereiro, 2013 - 15:33 (Brasília) 18:33 GMT

Os governos do Brasil e da Rússia firmaram nesta quarta-feira declaração de intenções para que negociar a compra de baterias antiaéreas russas e o desenvolvimento conjunto de novos produtos de defesa.

O acordo ocorre durante a visita do premiê russo, Dmitri Medvedev, a Brasília.

A Agência Brasil informa que o aperfeiçoamento do sistema de defesa antiaéreo brasileiro é um dos requisitos exigidos para a realização da Copa do Mundo e dos Jogos Olímpicos.

O documento assinado nesta quarta prevê "incrementar, a partir de março de 2013, as negociações bilaterais com vistas à possibilidade de contrato para futuras obtenções, por parte do Brasil, de baterias antiaéreas, com transferência efetiva de tecnologia, sem restrições".

O documento prevê também a participação da Rússia no programa Ciência Sem Fronteiras, com o "envio de graduandos, pós-graduandos e jovens pesquisadores brasileiros para as universidades russas".

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.