BBC navigation

Após culparem jornalistas por atraso, Farc libertam dois reféns

Atualizado em  15 de fevereiro, 2013 - 18:31 (Brasília) 20:31 GMT

Policiais foram entregues a uma missão da Comitê Internacional da Cruz Vermelha

As Farc (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia) libertaram nesta sexta-feira dois policiais que estavam em pode do grupo havia três semanas.

Os policiais Víctor Alfonso González Ramírez e Cristián Camilo Yate Sánchez foram capturados pelas Farc no Vale do Cauca no dia 23 de janeiro. Além deles, também foi sequestrado o soldado Josúe Alvarez, no Departamento (Estado) vizinho de Nariño, seis dias depois.

Ramírez e Sánchez foram entregues a uma missão da Comitê Internacional da Cruz Vermelha e aparentemente estão bem de saúde. Há uma previsão de que Alvarez seja solto neste sábado.

A libertação dos dois policiais estava prevista para a quinta-feira, mas foi adiada pelos rebeldes, que teriam alegado que havia muitos jornalistas na área. No entanto, a ação foi transmitida por uma rede de TV venezuelana.

A captura dos três foi denunciada como sequestro pelas autoridades colombianas e acabou gerando tensão no diálogo de paz mantido pelas Farc e a Colômbia em Havana, capital cubana.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.