BBC navigation

Confrontos em protestos no Egito marcam aniversário da queda de Mubarak

Atualizado em  11 de fevereiro, 2013 - 19:53 (Brasília) 21:53 GMT

Polícia reagiu com canhões de água e gás lacrimogêneo a pedras atiradas por manifestantes

A polícia no Egito entrou em confronto com manifestantes que protestavam no lado de fora do palácio presidencial na cidade do Cairo para marcar o aniversário de dois anos da queda do ex-presidente Hosni Mubarak.

Os policiais lançaram canhões de água e gás lacrimogêneo contra os manifestantes, que atiravam pedras em direção às forças de segurança.

Grupos de oposição dizem que os principais objetivos da revolução que derrubou Mubarak - "pão, liberdade e justiça social" - não foram atendidos.

Os manifestantes pedem a renúncia do presidente Mohamed Morsi e a transição para um governo de coalizão - uma proposta rejeitada pela Irmandade Muçulmana, que controla o governo.

O país tem sido cenário de protestos ao longo das últimas duas semanas. Dezenas de pessoas foram mortas e centenas ficaram feridas em confrontos entre a polícia e os manifestantes.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.