BBC navigation

Líder da oposição síria condiciona diálogo à libertação de presos

Atualizado em  6 de fevereiro, 2013 - 13:21 (Brasília) 15:21 GMT

O líder do principal grupo de oposição na Síria disse nesta quarta-feira à BBC que sua oferta de diálogo com o governo sírio está condicionada à libertação de milhares de prisioneiros políticos a partir de domingo.

Moaz al-Khatib, da Coalizão Nacional Síria, também pediu que o presidente sírio, Bashar al-Assad, responda a sua oferta (feita na semana passada) de negociar um fim ao conflito no país, que se arrasta desde 2011.

Khatib voltou atrás do pedido para que Assad renuncie como precondição para negociações, mas até o momento não recebeu resposta do governo sírio.

O líder oposicionista participa no Cairo de um encontro de países islâmicos, convocados para ajudar na resolução do conflito sírio.

Também nesta quarta, ao menos 12 pessoas morreram em um duplo ataque suicida em Palmyra, no centro da Síria. O atentado atingiu um edifício militar.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.