Maduro acusa Capriles de conspirar contra Venezuela

Atualizado em  2 de fevereiro, 2013 - 22:51 (Brasília) 00:51 GMT

O vice-presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, acusou neste sábado o líder da oposição e ex-candidato à presidência do país, Henrique Capriles, que está na Colômbia, de conspiração.

Maduro acrescentou que dará mais detalhes sobre sua acusação na próxima terça-feira.

"O perdedor está na Colômbia e as informações que nos chegam não são nada boas. Estamos confirmando uma série de reuniões que ele teria tido com determinados setores. Sabemos com quem e onde ele se reuniu, conspirando contra o nosso país e contra a paz ao fazer negócios".

A declaração de Maduro ocorreu em meio a um discurso na inauguração de uma fábrica de processamento no Estado de Portuguesa, no oeste da Venezuela.

Capriles, governador do Estado de Miranda, respondeu a Maduro por meio de sua conta no Twitter.

"Conspirador e traidor é o Senhor Maduro que não governa por si mesmo, mas recebe ordens de Raúl Castro (presidente de Cuba)", escreveu Capriles no site de microblogging, no qual também publicou uma foto sua com o ex-premiê espanhol Felipe González.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.