BBC navigation

Acusados de estupro coletivo na Índia se declaram inocentes

Atualizado em  2 de fevereiro, 2013 - 14:20 (Brasília) 16:20 GMT

Cinco homens acusados pelo estupro coletivo e o espancamento de uma jovem na Índia se declararam inocentes.

O crime, cometido dentro de um ônibus na capital indiana Nova Déli, causou revolta e protestos populares no país.

A jovem foi lançada para fora do veículo em movimento após o ter sido violentada e espancada com barras de ferro e acabou morrendo em consequência de seus ferimentos.

Os réus assinaram declarações na qual se disseram inocentes, após terem sido formalmente acusados em um julgamento de rito sumário.

O tribunal ouvirá depoimentos de testemunhas a partir da terça-feira. A promotoria disse que convocará três testemunhas.

Um sexto suspeito que é menor de idade será julgado por um tribunal juvenil.

Na sexta-feira, o governo da Índia aprovou a maior parte das recomendações de uma comissão formada para revisar casos de crimes sexuais, formada após o caso ter vindo à tona.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.