BBC navigation

Promotoria espanhola defende que Rajoy seja investigado

Atualizado em  1 de fevereiro, 2013 - 14:04 (Brasília) 16:04 GMT

A promotoria pública espanhola acredita ter provas suficientes para abrir uma investigação oficial sobre as alegações de que o primeiro-ministro Mariano Rajoy e outras figuras de destaque do Partido Popular (PP) teriam recebido pagamentos de um fundo secreto.

Em entrevista à emissora 13TV, o promotor Eduardo Torres-Dulce disse que pedirá uma investigação sobre as denúncias feitas pelo jornal El País de que supostos documentos secretos do antigo tesoureiro do PP Luis Barcenas trariam provas da arrecadação ilegal de recursos para algumas lideranças do PP - inclusive Rajoy.

Segundo Torres-Dulce, Rajoy pode ser convocado para depor.

De acordo com o El País, o dinheiro teria sido arrecadado principalmente junto a empresários do setor de construção.

O PP rejeita as acusações e a vice-primeiro-ministra, Soraya Santamaria, disse que Rajoy deve fazer um pronunciamento sobre o tema neste sábado (dia 2).

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.