Governo sírio reforça presença militar em Damasco

Atualizado em  7 de dezembro, 2012 - 22:45 (Brasília) 00:45 GMT

Forças leais ao presidente da Síria, Bashar al Assad, ocuparam os subúrbios da capital do país, Damasco, elevando os temores da população sobre a escalada do confronto civil que já dura vários meses.

Rebeldes estariam com medo de que as áreas conquistadas pelos grupos dissidentes sejam recapturados pelo governo.

Lina Sinjab, correspondente da BBC no Oriente Médio, conta que foi levada por autoridades oficiais da Síria para entrevistar prisoneiros em um local que descreveu como uma "notória prisão militar".

"Dois dos prisoneiros admitiram ser membros de um grupo ligado a al Qaeda e o outro me disse que era cidadão francês", afirmou Sinjab.

O governo síria reitera que, desde o começo da rebelião, muitos dos que lutam contra o presidente Assad são membros de grupos jihadistas estrangeiros.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.