BBC navigation

Mina na África do Sul em que 46 morreram baleados por polícia volta ao trabalho

Atualizado em  20 de setembro, 2012 - 08:22 (Brasília) 11:22 GMT

Trabalhadores da mina na África do Sul em que 46 pessoas morreram em confrontos com a polícia voltaram ao trabalho nesta quinta-feira.

Empregados da mina de platina Marikana ficaram quase seis semanas parados e assoviaram em protesto ao voltar ao trabalho.

Eles não ficaram satisfeitos com o aumento de 22% por cento oferecido pela empresa.

A crise na mina Marikana foi considerada a mais grave na África do Sul desde o fim do Apartheid, em 1994.

A maioria dos mortos foi baleada em um episódio em que a polícia abriu fogo contra a multidão de grevistas.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.