BBC navigation

Países da OEA aprovam reunião de chanceleres sobre o caso Assange

Atualizado em  17 de agosto, 2012 - 23:44 (Brasília) 02:44 GMT

Representantes de mais de 30 países da OEA (Organização dos Estados Americanos) convocaram uma reunião de chanceleres para a próxima sexta-feira (24) a fim de discutir o impasse diplomático envolvendo o destino do fundador do WikiLeaks, Julian Assange.

O Equador ofereceu asilo político nesta semana a Assange, que está na embaixada do país em Londres há dois meses.

Mas, o Reino Unido se recusou a dar salvo-conduto para que ele saia da representação e vá até o aeroporto e disse que irá prendê-lo se deixar a embaixada.

Londres tem um acordo de extradição com a Suécia, onde Assange é acusado de crimes sexuais.

Votaram a favor da reunião 23 membros da OEA. Cinco deles se abstiveram. Os Estados Unidos, o Canadá e Trinidad e Tobago foram contra.

A reunião discutirá a questão da inviolabilidade da embaixada equatoriana.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.