Obama fala de 'dias difíceis' no Afeganistão em cúpula da Otan

Atualizado em  20 de maio, 2012 - 16:34 (Brasília) 19:34 GMT
Obama e o presidente afegão Hamid Karzai apertam as mãos. | Foto: AFP

Presidente americano prometeu apoio a Afeganistão contra militantes

O presidente americano Barack Obama disse neste domingo que haverá "dias difíceis" no Afeganistão, no início da cúpula da Otan em Chicago.

No encontro, os países da aliança militar ocidental discutem uma estratégia para seus soldados no país.

Em uma coletiva de imprensa com o presidente afegão Hamid Karzai, Obama afirmou que a Otan está confiante de estar na direção certa.

Karzai disse que o Afeganistão comparece à cúpula como um Estado soberano e comprometido com a retirada dos "parceiros da Otan" em 2014 para que o país não seja mais "um fardo a ser carregado por seus amigos na comunidade internacional".

Em discurso, Obama afirmou ainda que há "grandes desafios pela frente" e pediu aos líderes que "acumulem recursos".

Mais de 50 líderes participam da cúpula, incluindo chefes de Estado dos 28 países da Otan, o presidente paquistanês, Asif Ali Zardari, e o presidente afegão.

O presidente recém-eleito da França, François Hollande, reafirmou que irá retirar todos os soldados franceses do Afeganistão até o final de 2012.

Horas antes, o secretário-geral da Otan, Anders Fogh Rasmussen, disse que o órgão continuará financiando as forças de segurança afegãs após a retirada das tropas internacionais do país.

A correspondente de defesa da BBC, Caroline Wyatt, diz que o encontro busca unir duas mensagens diferentes.

A Otan está dizendo ao público de seus países membros que o combate no Afeganistão está chegando ao fim, mas tentando assegurar os afegãos de que não irão abandoná-los depois de 2014.

Mais de 10 anos depois que os EUA e a Otan derrubaram o regime talebã no país, a violência voltou a crescer. De acordo com a ONU, o número de mortes no Afeganistão atingiu o recorde de 3.031 em 2011, a maioria causadas por militantes.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.