Japão tem primeiro fugitivo de prisão em 22 anos

Atualizado em  12 de janeiro, 2012 - 12:25 (Brasília) 14:25 GMT

A polícia japonesa está à procura do primeiro prisioneiro a conseguir escapar de uma penitenciária do país em 22 anos.

O chinês Li Guolin, de 40 anos, estava cumprindo uma sentença de 23 anos de prisão por crimes que incluem tentativa de assassinato.

Segundo relatos, ele estava vestindo apenas uma cueca fornecida pela penintenciária de Hiroshima quando escapou, pulando dois muros de 4,5 metros de altura, em temperaturas de apenas 4ºC.

O canal de TV NHK noticiou que o fugitivo teria subido em andaimes montados por operários que faziam uma obra no local.

A polícia colocou Li na lista de criminosos mais procurados e está realizando operações em estações de trem e parques da cidade. As crianças foram instruídas a caminhar para as escolas em grupos organizados.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.