Gatos 'centenários' disputam título de mais velho do mundo

  • 17 julho 2014
BBC
Ovo cru é segredo de Maddy para vida longa

Duas gatas "centenárias" inglesas estão disputando o título de gato mais velho do mundo.

A competição começou após a morte, no mês passado, de Poppy, que tinha 24 anos e era reconhecido pelo Guiness como o gato doméstico mais velho do mundo.

A gata Maddy também tem 24 anos e, para seus donos, seria a herdeira natural do título. Em idade de gatos, ela alcança 113 anos.

Amanda Gray, dona de Maddy, diz que o animal está saudável e dá o segredo da longevidade: um ovo cru todos os dias.

O problema de Amanda e Maddy chama-se Pinky e tem 28 anos. A gata, ao contrário de Maddy, tem até registro de sua idade.

Segundo seus donos, Pinky "está virando uma senhora velha", mas ainda tem saúde e se alimenta bem.

"A única coisa é que ela está um pouco magricela", disse Bob Higginbottom.

BBC
Pinky tem documento que comprova idade de 28 anos

"Ela vive no jardim e não incomoda ninguém. Podemos tentar o recorde no Guiness sim", disse Ann Higginbottom.

Bob e sua mulher, Ann, adotaram Pinky com seu irmão, Perky, em 1986. Eles ainda têm a documentação dos veterinários comprovando sua idade.

O irmão da gata não chegou tão longe e já morreu há anos.

O gato mais velho que já existiu, segundo o Guiness, morreu no Texas (EUA) em 2005, aos 38 anos.

Notícias relacionadas