Avião com 295 pessoas a bordo 'é atingido por míssil e cai' na Ucrânia

  • 17 julho 2014

A empresa aérea Malaysia Airlines confirmou ter perdido contato com uma aeronave com quase 300 pessoas a bordo que estava sobrevoando a região leste da Ucrânia. Grupos separatistas e o Exército ucraniano estão em conflito há semanas nesta mesma região.

Um conselheiro do Ministério do Interior da Ucrânia disse que o avião, um Boeing 777, foi atingido por um míssil – embora isso não tenha sido confirmado de forma independente.

O avião estaria fazendo a rota entre Amsterdã e a capital malaia, Kuala Lumpur, quando teria caído na região entre as cidades de Donetsk e Lugansk, que são controladas por rebeldes pró-Rússia.

Segundo relatos, o voo MH17 viajava de Amsterdã, na Holanda, para Kuala Lumpur, na Malásia, e desapareceu dos radares quando sobrevoava a região de Donetsk, às 16h20 do horário local (9h20 no horário de Brasília).

Equipes de resgate estão tentando chegar ao local, segundo a agência de notícias russa Interfax.

Segundo acidente

Este é segundo acidente de uma avião da Malaysia Airlines neste ano.

Em 8 de março, o voo MH370 desapareceu com 239 pessoas a bordo enquanto sobrevoava o Mar do Sul da China.

O Boeing 777 partiu de Kuala Lumpur, na Malásia, e deveria aterrissar em Pequim, na China, seis horas depois.

Desde então, buscas vêm sendo feitas no oceano desta região, mas nenhum indício do avião foi encontrado até agora.