Brasil busca segunda vitória e últimas quatro seleções estreiam

  • 17 junho 2014
Torcida de Fortaleza receberá a seleção brasileira
Em Fortaleza, uma vitória pode deixar a seleção em ótimas condições no Grupo A

A seleção brasileira pode dar grande passo rumo à classificação para a segunda fase da Copa do Mundo nesta terça-feira, quando a partir das 16h enfrenta o México em Fortaleza pela segunda rodada do Grupo A.

Com três pontos, uma vitória leva o Brasil a seis. Caso isso aconteça e Camarões não ganhe da Croácia na quarta, o Brasil garante matematicamente um lugar nas oitavas de final com uma rodada de antecedência.

O jogo marca também a primeira partida do Brasil em Copas do Mundo no Nordeste, já que no Mundial de 1950 a seleção brasileira atuou apenas no Rio de Janeiro e em São Paulo - a estreia neste Mundial também aconteceu na capital paulista.

Mas para a partida diante dos mexicanos a equipe comandada por Luiz Felipe Scolari vive o primeiro problema desde o início da preparação. O atacante Hulk, titular do time, sentiu um problema muscular e foi poupado do treino da véspera, podendo ficar no banco de reservas.

Neymar e Felipão durante treinamento
Neymar, com dois gols na estreia, segue sendo a esperança do Brasil

"O que eu perco (sem o Hulk) é o sistema que a gente vem jogando há tempos. Mas os jogadores que eu tenho, com características um pouco diferentes, podem nos ajudar no jogo contra o México", disse Felipão.

Belo Horizonte, 13h

A Bélgica chegou ao Brasil como candidata à sensação da Copa. A primeira chance de ver a chamada "nova geração belga" é nesta terça-feira, às 13h, contra a Argélia, em jogo disputado em Belo Horizonte.

A seleção fez excelente campanha nas eliminatórias, com oito vitórias em dez jogos. E tem a favor o fato de ser cabeça de chave e estar num grupo relativamente fácil - além da Argélia, estão ali Rússia e Coreia do Sul.

"Temos muitos jogadores de qualidade, gente que joga em ligas fortes, mas temos que confirmar isso na Copa", disse o meia belga Axel Witsel.

"A Bélgica é favorita, mas os favoritos não ganham sempre. O Obama já disse uma vez 'yes, we can'. Por que não usar o mesmo?", afirmou o técnico da Argélia, Vahid Halihodzic, antes da abertura do Grupo H.

Cuiabá, 19h

Rússia e Coreia do Sul fecham a primeira rodada da Copa do Mundo em partida às 19h, em Cuiabá.

Num grupo em que a maioria dos analistas apontam a Bélgica como favorita, a partida pode mostrar quem terá mais condições de brigar com os belgas pelo protagonismo na chave.