BBC navigation

'Pinóquio rex': nova espécie de dinossauro descoberta na China

Atualizado em  7 de maio, 2014 - 08:43 (Brasília) 11:43 GMT
Ilustração do Pinóquio Rex. Foto: PA

Ilustração de Chuang Zhao mostra como seria o 'Pinóquio rex'

Um novo tipo de tiranossauro foi descoberto na China e batizado informalmente pelos cientistas de "Pinóquio rex", devido ao seu enorme focinho.

O carnívoro feroz de nove metros de altura é um primo distante do famoso Tiranossauro rex.

Seu esqueleto foi escavado em meio a uma obra de construção civil chinesa e identificado por cientistas da Universidade de Edimburgo, na Escócia.

O nome oficial do predador de 66 milhões de anos é Qianzhousaurus sinensis. A descoberta foi relatada em um artigo da revista científica Nature Communications.

"O 'Pinóquio' é bastante diferente dos demais tiranossauros. Ele tem o conhecido sorriso cheio de dentes do T. rex, mas seu focinho é muito longo e fino, com uma coluna de chifres no topo", diz o especialista Steve Brusatte.

"Ele pode parecer um tanto quanto cômico, mas é tão mortal quanto qualquer outro tiranossauro, e talvez até mais rápido e mais forte."

"Nós achávamos que ele precisava de um apelido, e seu longo focinho nos lembrou do nariz de Pinóquio."

Cientistas acreditam que diversos tipos tiranossauros conviveram na mesma região da Ásia durante a Era Cretácea.

O maior deles, o Tarbosaurus, tinha 13 metros de altura. Já a arcada dentária do Qianzhousaurus sugere que ele teria até nove metros.

Já o focinho do "Pinóquio" é 35% maior do que o de outros animais do seu porte. E por que isso?

"A verdade é que ainda não sabemos ", disse Brusatte à BBC.

Polêmica científica

Fóssil do Pinóquio Rex. Foto: PA

Fósseis do 'Pinóquio rex' foram descobertos em obra na China

"Este dinossauro tinha um esqueleto mais leve. Talvez ele tivesse uma mordida mais rápida e caçasse de forma diferente."

A descoberta encerra um debate na comunidade científica sobre uma série de descobertas de novos fósseis de tiranossauros.

Nos últimos anos, dois esqueletos com probóscides grandes foram escavados na Mongólia. Eles pareciam vir de uma família completamente diferente de tiranossauros.

"O problema é que ambos eram de animais jovens. Então era possível que esses focinhos longos fossem apenas uma característica transitória que eventualmente deixa de existir nos adultos", explica Brusatte.

Mas o novo esqueleto achado na China é de um adulto. Ele foi encontrado intacto na obra próxima à cidade de Ganzhou, no Sul da China.

"Este novo espécime é o dobro do tamanho dos jovens, e ainda assim possui as mesmas características, incluindo os chifres", diz Brusatte.

"É a prova que precisávamos. Os tiranossauros de focinho longo eram de verdade."

Leia mais sobre esse assunto

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.