BBC navigation

Malásia analisa novas imagens de possíveis destroços de voo desaparecido

Atualizado em  23 de março, 2014 - 07:57 (Brasília) 10:57 GMT
Mike Barton, que comanda a equipe de resgate australiana, mostra ao vice-premiê da Austrália, um mapa da região em que as buscas estão sendo realizadas no Oceano Índico (AP)

Austrália está comandando as buscas no chamado corredor sul, que vai da Indonésia até o Oceano Índico

O ministro dos Transportes interino da Malásia disse ter recebido novas imagens satelitais de autoridades da França que mostram objetos que poderiam ser destroços do voo MH370, da Malaysian Airlines, desaprecido no último dia 8 de março.

De acordo com o ministro Hishammuddin Hussein, as novas imagens fornecidas por autoridades francesas mostram os supostos detritos na região chamada de corredor sul, que se alonga da que se alonga da Indonésia até o Oceano Índico.

Logo após a descoberta, a Malásia enviou as imagens ao centro de coordenação das operações de resgate da Austrália.

Mas o ministro não especificou o número, o tamanho ou a exata localização dos objetos avistados nas imagens satelitais francesas.

Buscas internacionais

As buscas no Oceano Índico estão sendo comandadas pela Autoridade de Segurança Marítima na Austrália (Amsa, na sigla em inglês).

A aeronave desaparecida no último dia 8 ia de Kuala Lumpur, na Malásia, a Pequim, na China, e tinha 239 pessoas a bordo.

Um total de 26 países estão envolvidos nas buscas.

Cautela e esperança

O primeiro-ministro da Austrália, Tony Abbott, disse que as várias pistas que vêm sendo descobertas nos últimos dias, a partir de imagens satelitais, são fonte de "crescente esperança", mas pediu cautela.

"Ainda é cedo para falar algo em definitivo. Mas obviamente nós recebemos uma série de pistas e há crescente esperança, não mais do que esperança, de que podemos estar a caminho de descobrir o que aconteceu com essa malfadada aeronave", afirmou Abott.

As esperanças foram reforçadas também no domingo após um pálete de madeira e outros dejetos que poderiam pertencer ao avião terem sido avistados no Oceano Índico.

Páletes são uma espécie de estrutura usada para empilhar, manusear e transportar cargas. Pálestes de madeira são normalmente usados em navios, mas podem também ser utilizados em contêineres e em aviões.

O pálete foi avistado por um avião de resgate no sábado, mas ainda não foi examinado de perto.

A região em que o objeto foi avistado, segundo as autoridades autralianas, é uma remota área do Oceano Índico que se tornou o foco central das buscas da Amsa, a área a cerca de 2.500 a sudesde da cidade de Perth.

Leia mais sobre esse assunto

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.