Blog de impostor originou notícia falsa sobre tio de Kim Jong-Un 'comido por cães'

  • 7 janeiro 2014
Chang Song Thaek. Foto: Reuters
Após execução de Chang Song Thaek, surgiu um boato de que ele teria sido comido por cães

Um blogueiro anônimo é uma fonte muito pouco confiável para uma notícia. Imaginem então um impostor posando como blogueiro anônimo.

Desde "Curveball" na década passada – o desertor iraquiano cujo falso testemunho foi usado por líderes de Estados Unidos e Grã-Bretanha como parte do argumento para justificar a guerra do Iraque – que uma fonte falsa não conseguia emplacar uma história tão sensacional na imprensa.

A notícia extraordinária – e falsa – de que o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, ordenou que seu tio, Chang Song Thaek, fosse devorado por uma matilha de cães foi publicada por um usuário do serviço de microblog chinês Tencent.

Outros blogueiros, que investigaram a origem da notícia falsa, disseram que bastava um conhecimento básico do idioma chinês e uma pitada de curiosidade para desmascarar a fraude.

Mas na medida em que a história sensacional começou a circular pelo mundo, a fonte original do texto passou a ficar cada vez mais distante das reportagens.

O post falso, que conta em detalhes a execução por cães, foi publicado por um homem que se identifica como Choi Seongho. Ele diz ser um editor de um jornal norte-coreano que está estudando na China.

Sua conta no Tencent – que é a segunda plataforma mais popular de microblog da China – traz sátiras da vida na Coreia do Norte. Ele possui 30 mil seguidores e não costuma responder às mensagens que lhe são enviadas.

Mas existe outro Choi Seongho, também blogueiro e muito mais popular. Este homônimo possui um blog no Sina, a plataforma mais popular da China. O conteúdo é bastante parecido – uma mistura de patriotismo norte-coreano com leve sátira.

No entanto, este segundo Choi Seongho possui mais de dois milhões de seguidores. Sua conta é mais antiga do que a do Tencent. Ele mantém sua identidade real sob sigilo, mas costuma responder a mensagens.

Quando perguntado pela BBC sobre quem seria a fonte da história dos cães, ele negou que tenha postado qualquer notícia sobre o assunto e acusou o outro 'Choi Seongho' de tentar se passar por ele na internet.

Muitas das organizações de mídia que noticiaram a falsa execução por cães levantaram nos seus próprios textos dúvidas sobre a veracidade da história.

Agora que foi determinada a fonte da notícia– um blogueiro impostor se fazendo passar por outro blogueiro chinês – a história tem merecido pouca reparação.

No final, há uma lição, como muitos já observaram, de que quando o assunto é Coreia do Norte, nós estamos dispostos demais a aceitar as fantasias mais sombrias, mesmo que no fundo nem nós mesmos acreditemos nelas.

A Coreia do Norte é sem dúvida um lugar sombrio e sigiloso, mas é por isso mesmo que devemos ter a obrigação de noticiar apenas a verdade – e não apenas uma paródia sensacional dela.

Notícias relacionadas