Supostos traficantes jogam US$ 1 milhão de avião na Bolívia

  • 3 outubro 2013
Dinheiro apreendido pela polícia boliviana
Polícia acredita que dinheiro apreendido poderia ser usado para montar laboratório de refino de cocaína

Uma bolsa com mais de US$ 1 milhão (cerca de R$ 2,2 milhões) foi interceptada pela polícia após ser supostamente jogada de um avião por uma quadrilha de traficantes de drogas na Bolívia.

Segundo o ministro do Interior, Carlos Romero, o dinheiro seria recuperado por outros membros da quadrilha no solo na Província de Santa Cruz.

Os criminosos teriam errado o alvo da bolsa com o dinheiro, que acabou sendo encontrada pela polícia.

Ao menos três membros da quadrilha - todos bolivianos - foram presos posteriormente. Armamentos e veículos pertencentes ao grupo também foram apreendidos na cidade de Rincón del Tigre.

A Bolívia é um dos três maiores produtores mundiais de cocaína, ao lado da Colômbia e do Peru.

As autoridades dizem que o dinheiro, em notas de dólares americanos com denominações variadas - estavam embaladas com um selo de um banco paraguaio.

Elas acreditam que o montante seria usado para montar um laboratório para o refino de cocaína ou para estabelecer uma empresa de fachada na Bolívia.

A polícia boliviana disse que estava monitorando o grupo, que seria bem organizado e com ramificações em vários países.

Notícias relacionadas