A reprodução deste formato de vídeo não é compatível com seu dispositivo

Aos nove anos, britânicas fazem 'wing-walking'

21 agosto 2013 Atualizado pela última vez 21:41 (Brasília) 00:41 GMT

Duas garotas britânicas de nove anos se tornaram as mais jovens praticantes de wing-walking do mundo.

O esporte consiste em viajar do lado de fora de um avião, amarrado a uma cadeira, fazendo acrobacias.

Rose Powell e Flame Brewer | Foto: PA
Garotas são as mais jovens do mundo a praticar wing-walking

As primas Rose Powell e Flame Brewer realizaram sua aventura em um aeroporto em Gloucestershire, na Grã-Bretanha

Elas dizem que decidiram começar a praticar o esporte para obter doações para uma organização de caridade.

A ONG ajuda crianças com distrofia muscular, doença que diminui a capacidade de movimento dos pacientes à medida que vão ficando mais velhos.

A família das meninas tem tradição na aviação. Rose diz que a maioria de seus parentes têm brevê de aviador e as duas serão a terceira geração a praticar o wing-walking

Durante o vôo, os biplanos que levavam as meninas atingiram a velocidade de 160 km/h.

Ao voltar do passeio, elas disseram que não se intimidaram e que repetirão a experiência.

Clique aqui para nos dizer o que você acha deste site