A reprodução deste formato de vídeo não é compatível com seu dispositivo

Prisioneiras bolivianas aprendem flamenco para ter 'liberdade artística'

5 julho 2013 Atualizado pela última vez 05:24 (Brasília) 08:24 GMT

Programa visa a reintegração de presidiárias

Presidiárias de um centro de detenção em La Paz, na Bolívia, estão aprendendo a dançar flamenco, como parte de um programa que visa sua reintegração à sociedade.

O programa, já realizado em outros países, foi criado pelo dançarino espanhol Francisco José Suárez.

Segundo ele, ao recobrar o senso de liberdade artística, as prisioneiras terão mais ferramentas para recomeçar suas vidas quando deixarem a prisão.