Bilionário dono de companhia aérea se fantasia de aeromoça para pagar aposta

12 maio 2013 Atualizado pela última vez 12:26 (Brasília) 15:26 GMT

O bilionário britânico Richard Branson, proprietário da companhia aérea Virgin, se fanstasiou de aeromoça, após haver perdido uma aposta para Tony Ferndandes, o executivo de outra empresa aérea, a Air Asia.

Branson e Fernandes haviam apostado em qual escuderia terminaria em primeiro no Grand Prix de Fórmula 1 de Abu Dhabi, em 2010.

Quem perdesse a aposta, teria de se vestir de comissária durante um voo da companhia do rival e servir os passageiros.

Branson se maquiou, vestiu o uniforme vermelho característico de aeromoças da empresa asiática e serviu bebidas durante um voo de seis horas que ia de Perth, na Austrália, a Kuala Lumpur, na Malásia.

O bilionário chegou a raspar as pernas na véspera da viagem, mas não raspou o seu tradicional cavanhaque.

O bem-humorado Branson chegou a derrubar uma travessa de sucos no colo de Fernandes.

E o vencedor da aposta e dono da empresa rival disse que ele estava "demitido".

Fernandes afirmou, no entanto, que dará uma resposta à exibição bem-humorada do rival, participando do primeiro voo espacial comercial da Virgin Galactic, de Branson.